Bionatura
INTERREG INTERREG Universidade dos Açores ARENA CITAA Grupo da Biodiversidade dos Açores CIBIO-AÇORES

PESQUISAR BASE DE DADOS

Líquenes & Fungos

Briófitos (musgos, hepáticas, antocerotas)

Plantas Vasculares (fetos, gimnospérmicas, angiospérmicas)

Invertebrados Marinhos

Moluscos Terrestres (lesmas e caracóis)

Artrópodes (centopeias, aranhas, insectos)

Vertebrados (peixes, anfíbios, répteis, aves, mamíferos)

Moluscos Terrestres

Responsável: Prof. António Frias Martins (Professor Catedrático)

Balea heydeni
Helix aspersa
Oxychilus spectabilis
Lauria fasciolata
Oxychilus furtadoi

Os Moluscos terrestres são geralmente uma componente importante da fauna de invertebrados dos habitats nativos das ilhas. Com um total de 111 espécies, os moluscos são dominados pela Ordem Stylommatophora (Gastropoda) que, per se, totalizam 93 espécies.
Em seis das nove ilhas açoreanas, os endemismos representam mais de 25% da malacofauna, destacando-se São Jorge, com 33,3%. Nas restantes ilhas, a taxa de endemismo situa-se entre 17% e 24%. Apenas quatro ilhas possuem endemismos exclusivos, destacando-se Santa Maria, com cerca de 70%. São Miguel e Terceira apresentam endemismos de ilha acima dos 20% e Faial, abaixo de 10%. Pela elevada percentagem de endemismos que comporta, a malacofauna dos Açores, para além de um inestimável património científico e interessante objecto de estudo, constitui um precioso indicador para estratégias de conservação, devendo o seu estudo aprofundado ser considerado prioritário.

Contém as cerca de 111 espécies e subespécies de Moluscos terrestres conhecidas dos Açores, em que 50 estão ilustradas correspondendo a 66 fotos (Actualizado em 22 de Janeiro de 2012).


Listagem de espécies

Filo
Classe
Ordem
Família
Género
Endémica da Macaronésia
Endémica dos Açores
Pesquisar por nome científico ou nome comum