Bionatura
INTERREG INTERREG Universidade dos Açores ARENA CITAA Grupo da Biodiversidade dos Açores CIBIO-AÇORES

PESQUISAR BASE DE DADOS

Líquenes & Fungos

Briófitos (musgos, hepáticas, antocerotas)

Plantas Vasculares (fetos, gimnospérmicas, angiospérmicas)

Invertebrados Marinhos

Moluscos Terrestres (lesmas e caracóis)

Artrópodes (centopeias, aranhas, insectos)

Vertebrados (peixes, anfíbios, répteis, aves, mamíferos)

Plantas Vasculares

Responsável: Prof. Rui Bento Elias & Prof. Luis Silva (Professor Auxiliar )

Polypodium azoricum
Laurus azorica
Lupinus luteus
Spergula arvensis
Psidium littorale

As plantas vasculares (Pteridophyta e Spermatophyta) do arquipélago dos Açores caracterizam-se por um número relativamente reduzido de espécies nativas e endémicas, quando comparadas com a situação na Madeira e nas Canárias. Com um total de 947 taxa, a lista de espécies inclui 71 pteridófitos, 5 gimnospérmicas, 643 dicotiledóneas e 228 monocotiledóneas. Existem também alguns taxa endémicos da Macaronésia, nomeadamente 5 pteridófitos, 3 dicotiledóneas e 4 monocotiledóneas.

Contém as cerca de 947 espécies e subespécies de Plantas Vasculares conhecidas dos Açores, em que 645 estão ilustradas correspondendo a 1946 fotos (Actualizado em 22 de Janeiro de 2012).


Listagem de espécies

Divisão
Classe
Ordem
Família
Género
Endémica da Macaronésia
Endémica dos Açores
Pesquisar por nome científico ou nome comum