Bionatura
INTERREG INTERREG Universidade dos Açores ARENA CITAA Grupo da Biodiversidade dos Açores CIBIO-AÇORES

PESQUISAR BASE DE DADOS

Líquenes & Fungos

Briófitos (musgos, hepáticas, antocerotas)

Plantas Vasculares (fetos, gimnospérmicas, angiospérmicas)

Invertebrados Marinhos

Moluscos Terrestres (lesmas e caracóis)

Artrópodes (centopeias, aranhas, insectos)

Vertebrados (peixes, anfíbios, répteis, aves, mamíferos)

Notícias

Novo Azores Bioportal já está Online

http://azoresbioportal.uac.pt/

Grupo da Biodiversidade dos Açores inicia colaboração com o site "Carabidae of the World!

Fotos dos carabídeos endémicos dos Açores, presentes no Portal da Biodiversidade dos Açores, passam a fazer parte da colecção de fotos de carabídeos do mundo presente no site "Carabidae of the World" da responsabilidade de Alexander V. Anichtchenko.

Link: http://carabidae.org/

Grupo da Biodiversidade dos Açores inicia colaboração com o site "Carabidae of the World!

Projeto de conservação de aves marinhas nos Açores foi considerado um dos melhores a nível europeu

O projeto “Ilhas Santuário para as Aves Marinhas” implementado nos Açores pela SPEA foi considerado um dos melhores a nível europeu.

O projeto é um dos 11 finalistas dos prémios “Best LIFE Projects 2013”, que reconhecem as iniciativas cofinanciadas pela Comissão Europeia que tiveram maior impacto, sendo candidato à distinção “Best of the Best”.

Link: http://naturlink.sapo.pt/Noticias/Noticias/content/Projeto-de-conservacao-de-aves-marinhas-nos-Acores-foi-considerado-um-dos-melhores-a-nivel-europeu

Projeto de conservação de aves marinhas nos Açores foi considerado um dos melhores a nível europeu

O rato doméstico terá chegado à Madeira quatro séculos antes da colonização dos Portugueses

Um estudo realizado pelo Conselho Superior de Investigações Cientificas de Espanha (CSIC) sugere que quatro séculos antes da colonização Portuguesa ocorrer já o Homem havia estado na ilha da Madeira. Isso com base na datação de ossos antigos encontrados numa expedição arqueológica realizada na Ponta de São Lourenço. Os resultados publicados, na revista Proceedings of the Royal Society B, indicam que o rato doméstico terá chegado à Madeira antes de 1036, provavelmente introduzido a partir de embarcações que por lá passaram.

As populações actuais desta espécie na Madeira possuem semelhanças ao nível do ADN mitocondrial com as populações da Escandinávia e do Norte da Alemanha e não com as de Portugal. Aspecto que indicia que terão sido os Vikings a introduzir o rato doméstico nesta ilha. É um estudo que necessita de ser mais aprofundado uma vez que segundo Josep Antoni Alcover, investigador do Instituto Mediterrâneo de Estudos Avançados (IMEDEA-CSIC), não existem referências históricas de viagem dos Vikings à região da Macaronésia.

O investigador realça também o facto de que, pelo seu elevado potencial reprodutivo, os ratos terão atingido elevadas densidades populacionais, gerando grandes alterações no ecossistema natural, nomeadamente a extinção de aves endémicas e não endémicas, isto pelo menos quatrocentos anos antes do que se pensava até agora.

Rando JC, Pieper H, Alcover JA. 2014 Radiocarbon evidence for the presence of mice on Madeira Island (North Atlantic) one millennium ago. Proc. R. Soc. B 281: 20133126.

http://dx.doi.org/10.1098/rspb.2013.3126

Link

O rato doméstico terá chegado à Madeira quatro séculos antes da colonização dos Portugueses

Orquídea rara redescoberta em São Jorge

Um grupo de investigadores que inclui a bióloga Mónica Moura, da Universidade dos Açores, redescobriu uma orquídea considerada rara na Europa. Trata-se da espécie Platanthera azorica cuja distribuição conhecida se restringe ao Pico da Esperança, ilha de São Jorge, e a alguns locais à sua volta. Foram inventariadas cerca de 250 plantas com flor, por este grupo de investigadores, que defendem agora a sua protecção.

Bateman RM, Rudall PJ, Moura M. (2013) Systematic revision of Platanthera in the Azorean archipelago: not one but three species, including arguably Europe’s rarest orchid. PeerJ 1:e218

http://dx.doi.org/10.7717/peerj.218

Orquídea rara redescoberta em São Jorge

Nova espécie de aranha endémica descrita para a ilha de São Jorge

Cientistas do Grupo da Biodiversidade dos Açores (CITA-A) descobriram uma nova espécie de aranha nos Açores, a Savigniorrhipis topographicus Crespo, de 2013. Esta nova espécie de aranha com apenas 1,45 mm está restrita à Serra do Topo, na ilha de São Jorge. Dado o habitat extremamente restrito e cada vez mais perturbado, esta nova espécie S. topographicus deve ser classificada como Criticamente em Perigo.
A Reserva Natural do Topo é agora um hotspot de diversidade de aranhas endémicas dos Açores, com 15 das 24 espécies conhecidas atualmente e sugerimos que deve aumentar seu atual nível de proteção.
O facto da Serra do Topo ser uma das áreas mais pristinas dos Açores, bem como a presença de duas espécies endémicas únicas da ilha, Acorigone zebraneus e S. topographicus n. sp., restrictas a esta floresta, revelam o grande valor desta área protegida para a conservação das aranhas endémicas do arquipélago. No entanto, esta área está classificada na categoria V da IUCN, uma paisagem protegida gerida principalmente para a conservação da paisagem e recreação, um dos mais baixos níveis de proteção actuais nos Açores.
Recomendamos uma mudança futura para a categoria I, uma área natural especialmente dedicada à protecção da natureza, de modo que suas características naturais possam ser devidamente salvaguardados.

Ver mais em:

Crespo, L.C., Bosmans, R., Cardoso, P. & Borges, P.A.V. (2013). On the endemic spider species of the genus Savigniorrhipis Wunderlich, 1992 (Araneae: Linyphiidae) in the Azores (Portugal), with description of a new species. Zootaxa, 3745: 330-342. DOI: 10.11646/zootaxa.3745.3.2 (IF: 0.974)


Link

Nova espécie de aranha endémica descrita para a ilha de São Jorge

Planta muito rara encontrada na ilha Terceira

No decorrer dos trabalhos de campo para o Projecto NetBiome e ISLANDBIODIV foram encontrados dois exemplares da espécie Grammitis azorica. Este é um pequeno feto, endémico dos Açores, descoberto na ilha das Flores, único local onde a sua ocorrência estava confirmada. G. azorica é um feto epífito encontrado especialmente em troncos de Cedro-do-mato (Juniperus brevifolia), Azevinho (Ilex perado subsp. azorica) e Pau-branco (Picconia azorica). Os indivíduos encontrados na ilha Terceira estavam sobre troncos de Cedro-do-mato, localizados nas Reservas Naturais do Biscoito da Ferraria/Pico Alto e Terra Brava/Criação das Lagoas.

Rui Elias e Fernando Pereira

Fotografia de Rui Elias

Planta muito rara encontrada na ilha Terceira

Artigo cientifico identifica espécies exóticas recentemente descobertas nos Açores

Numa publicação recente na revista Arquipélago Ciências Naturais, Borges et al. (2013) apresenta a listagem de treze espécies de invertebrados exóticos recentemente encontrados nos Açores (duas aranhas, um gafanhoto, quatro percevejos, quatro escaravelhos e duas moscas)e citados para o arquipélago pela primeira vez.

Em adição são listadas mais 10 espécies exóticas que expandiram a sua área de distribuição no arquipélago.

São discutidos neste artigo as vias de entrada de espécies nos Açores, o seu impacto sobre a economia local e da biodiversidade, bem como as estratégias para impedir a introdução de espécies exóticas.

Como é que a introdução de espécies exóticas poderá ser interrompida?

a) Como a quantidade de importações para os Açores está a aumentar, a primeira possibilidade seria a de aumentar o número de inspeções de remessas aleatórias de importações por parte dos funcionários das inspeções alfandegárias;

b) Uma segunda possibilidade é a melhoria da eficácia dos agentes de formação de inspecção para detectar sinais reconhecíveis de sintomas de pragas críticos (por exemplo, térmitas);

c) Uma terceira possibilidade é a implementação de fumigação obrigatória, ou técnicas de temperatura controlada para erradicar potenciais pragas durante o transporte e armazenamento de bens comerciais para os principais portos dos Açores.



Borges, P.A.V., M. Reut, N.B. da Ponte, J.A. Quartau, M. Fletcher, A.B. Sousa, M. Pollet, A.O. Soares, J.A.P. Marcelino, C. Rego & P. Cardoso 2013. New records of exotic spiders and insects to the Azores, and new data on recently introduced species. Arquipelago. Life and Marine Sciences 30: 57-70


Link

Artigo cientifico identifica espécies exóticas recentemente descobertas nos Açores

Nova espécie de abelha nos Açores - Chalicodoma pyrenaica (Lepeletier, 1841)

Foi vista pela primeira vez nos Açores, junto ao aeroporto de Santa Maria nos anos de 2012 e 2013, a abelha Chalicodoma pyrenaica (Lepeletier 1841) da família Apidae.
A identificação da espécie foi confirmada pelo Prof. Dr. Anselm Kratochwil da Universidade de Osnabrück na Alemanha. Esta espécie tem distribuição conhecida no sudoeste e no sul da Europa: Espanha, Pirinéus, Alpes, Grécia, Turquia e Cáucaso.
Os ninhos destas abelhas são construídos por argamassa em locais rochosos, paredes de casas ou em pedras. Facto pelo qual se pensa que a sua introdução nos Açores, junto ao aeroporto de Santa Maria, poderá ter ocorrido pela presença de um ninho, ou vários, fixado numa pedra, vaso de terracota ou outro objecto similar vindo de outra zona da Europa.

Nova espécie de abelha nos Açores - Chalicodoma pyrenaica (Lepeletier, 1841)

“S (specie) File” Steatoda nobilis (Thorell, 1875) – Abril de 2013

Carvalho, R. (2013). Steatoda nobilis (Thorell, 1875). Grupo da Biodiversidade dos Açores. Universidade dos Açores, Angra do Heroísmo.

Link

“S (specie) File” Steatoda nobilis (Thorell, 1875) – Abril de 2013

Açorianos à Milhões de anos - Exposição de fotos Macro de Insectos nas ruas de Angra do Heroísmo

Arranca dia 3 de Abril, no centro de Angra do Heroísmo, uma intervenção urbana inédita na Região. Fotografias macro de insetos exclusivos dos Açores ocuparão, até meados de Junho, fachadas de 12 edifícios nas principais artérias da cidade, com o objetivo de dar a conhecer aos açorianos um património natural único.

Esta iniciativa surge integrada num projeto do Grupo da Biodiversidade dos Açores (CITA-A, UAç), dedicado ao estudo da formação de novas espécies no arquipélago. As espécies fotografadas são únicas e exclusivas da Região (endémicas), não existindo em mais nenhuma parte do mundo.

“Açorianos há milhões de anos” resultou da colaboração entre especialistas em biologia evolutiva, entomologia, psicologia social, design de comunicação e fotografia macro extrema do Grupo de Biodiversidade dos Açores (CITA-A, GBA) e do financiamento e apoio de várias instituições parceiras: FCT - Fundação para a Ciência e Tecnologia [Proj. PTDC/BIA-BEC/104571/2008], Associação “Os Montanheiros”, ART – Associação Regional de Turismo, Secretaria Regional dos Recursos Naturais, Câmara Municipal de Angra do Heroísmo, Junta Autónoma do Porto de Angra do Heroísmo e Paróquia de São Pedro, e ainda de todos os cidadãos angrenses que aceitaram o desafio de participar nesta iniciativa disponibilizando as fachadas dos seus edifícios para a exibição deste património natural único.

As fotos são da autoria de Javier Torrent (http://500px.com/Javier_Torrent) e o design de comunicação foi liderado por Ana Moura Arroz numa equipa que inclui ainda Rita São Marcos, Rosalina Gabriel, Isabel Amorim & Paulo A. V. Borges.

Ver mais detalhes em anexo.


Link

Açorianos à Milhões de anos - Exposição de fotos Macro de Insectos nas ruas de Angra do Heroísmo

Chama-lhe Nomes! – 12 insetos endémicos já têm nomes comuns

Em Julho de 2012 o Grupo da Biodiversidade dos Açores (CITA-A, GBA) lançou na rede social Facebook a página "Chama-lhe Nomes!" onde se deram a conhecer à população em geral, 12 espécies de insetos endémicos dos Açores, de forma interativa e apelativa. Os visitantes da página foram convidados até ao final de 2012 a sugerir nomes comuns para estes insetos que só existem na região, ficando os participantes que propuseram os nomes mais criativos para sempre ligados à história Natural dos Açores!
No Facebook estão agora disponíveis os 12 cartões de espécie endémica, já com os nomes comuns dos insetos e das pessoas que os sugeriram. Esta informação irá também aparecer no Portal da Biodiversidade dos Açores - Artrópodes (http://www.azoresbioportal.angra.uac.pt), aquando da actualização da base de dados que está subjacente ao Portal.
Visite a página "Chama-lhe Nomes!" (www.facebook.com/Chama.lhe.Nomes) para saber o que é um aguarelho ou onde pode encontar um gorgulho-trovisqueiro.

Em média cerca de 400 pessoas visitaram diariamente conteúdos associados com a página "Chama-lhe Nomes!", o que está certamente relacionado com a grande cobertura mediática a nível regional (RTP Açores, RDP Açores, A União, Diário Insular) e nacional (RTP1, Público, Visão Júnior) desta iniciativa.
A página de Facebook “Chama-lhe nomes” proporcionou mais uma chamada de atenção para os insetos endémicos dos Açores, os quais representam cerca de metade das espécies endémicas terrestres do arquipélago. De facto, muitas das espécies que se encontram nos Açores só aqui existem e o primeiro passo para a sua conservação passa necessariamente por as dar a conhecer.

O GBA agradece assim a todos os envolvidos nesta iniciativa de divulgação do património biológico único dos Açores: às instituições parceiras (Os Montanheiros, Amigos dos Açores e Centro de Ciência de Angra do Heroísmo), aos órgãos de comunicação social, e sobretudo a todos os participantes no desafio criativo no Facebook.

links:
www.facebook.com/Chama.lhe.Nomes
http://www.azoresbioportal.angra.uac.pt

O Grupo da Biodiversidade dos Açores associa-se ao Concurso de Fotografia "Aves Raras dos Açores"

Espécies de ocorrência rara de avifauna nos Açores, uma iniciativa no âmbito do II Encontro Regional de Observação de Aves e liderada pela Associação Regional de Turismo dos Açores. Vamos oferecer livros sobre a Biodiversidade dos Açores às melhores fotos que também irão ser disponibilizadas no Portal da Biodiversidade dos Açores

Link

Cigarrinha Cicadella viridis nos Açores (S. Miguel)

Cicadella viridis é uma cigarrinha polífaga comum na zona Holarctica incluindo Europa. Prefere áreas húmidas, alimentando-se de plantas gramíneas (por exemplo, Phragmites, Juncus e Arundo). Ocasionalmente, tem sido relatado como uma praga secundária em pomares. As asas dianteiras da fêmea são verde turquesa brilhante, mas os do sexo masculino são muito mais escura azul-violeta e pode até ser escuro.
Esta cigarrinha foi detectado pela primeira vez em Ponta Delgada (São Miguel) e mais alguns exemplares foram capturados depois de setembro de 2010 e em 2012 nos Fenais da Luz (S.Miguel).

Cigarrinha Cicadella viridis nos Açores (S. Miguel)

Dá um nome comum a um insecto endémico dos Açores

O Grupo da Biodiversidade dos Açores (GBA, CITA-A, Universidade dos Açores) lançou uma iniciativa para dar a conhecer a riqueza de espécies endémicas dos Açores. Os insetos representam cerca de metade das espécies endémicas terrestres que existem no arquipélago, mas dadas as suas pequenas dimensões e habitats onde ocorrem não são fáceis de observar e por isso são, na sua grande maioria, desconhecidos da população em geral. No âmbito de um projecto financiado pela FCT sobre formação de novas espécies em ilhas, que utiliza insetos que especiaram nos arquipélagos da Macaronésia como modelo de estudo, o GBA criou a página no facebook "Chama-lhe Nomes!" (www.facebook.com/Chama.lhe.Nomes). Nesta página as pessoas são convidadas a sugerirem nomes comuns para espécies de insetos que só existem nos Açores:

És bom observador? És criativo? Tens jeito para nomes? Então arranja um nome para um bicho e habilita-te a entrar para a história! Até ao final de 2012 dá largas à imaginação e sugere nomes comuns para 12 espécies de insetos endémicas dos Açores.

Os nomes selecionados aparecerão no Portal da Biodiversidade dos Açores (http://www.azoresbioportal.angra.uac.pt/) seguido do nome dos seus autores. Se o nome que sugerires for o escolhido, ficarás para sempre ligado à história Natural dos Açores!


Link

Dá um nome comum a um insecto endémico dos Açores

“S (species) File” Colura calyptrifolia (Hook.) Dumort. – Julho de 2012

Coelho, M., Homem, N. & Gabriel, R. (2012). “S(specie) File”: Colura calyptrifolia (Hook.) Dumort. Grupo da Biodiversidade dos Açores. Universidade dos Açores, Angra do Heroísmo.

Link

“S (species) File” Colura calyptrifolia (Hook.) Dumort. – Julho de 2012

“S (species) File” Asio otus “– Junho de 2012

Nunes, R. (2012). “S (species) File” Asio otus “. Grupo da Biodiversidade dos Açores. Universidade dos Açores, Angra do Heroísmo.

Link

“S (species) File” Cryptotermes brevis (Walker) – Maio de 2012

Guerreiro, O. (2012). “S (specie) File”: Cryptotermes brevis (Walker). Grupo da Biodiversidade dos Açores. Universidade dos Açores, Angra do Heroísmo.

Link

“S (species) File” Cryptotermes brevis (Walker) – Maio de 2012

“S (species) File" Nyctalus azoreum (Thomas, 1901) – Abril de 2012

Borges, A.(2012). “S (species) File”: Nyctalus azoreum (Thomas, 1901). Grupo da Biodiversidade dos Açores. Universidade dos Açores, Angra do Heroísmo.



Link

“S (species) File" Nyctalus azoreum (Thomas, 1901) – Abril de 2012

NATURA 2000 na Macaronesia – Açores, Madeira, Selvagens e Canarias.

Vera Galván, M.A., Bello, C.M., Castro, G.D. & Ruiz, G.V. (2010). NATURA 2000 en Macaronesia – Azores, Madeira, Salvages Y Canarias. Gobierno de Canarias. Consejería de Medio Ambiente Y Ordenación Territorial

Link

RAVE – Terra Brava (23 & 24 Setembro 2011). Preview of Images taken by Luís Ferreira

Ferreira, F. & Borges, P.A.V. (2012). Preview of Images taken at the RAVE – Terra Brava (23 & 24 Setembro 2011) by Luís Ferreira, to be posted during April 2012. Univ. Azores, Angra do Heroísmo.

Link

RAVE – Terra Brava (23 & 24 Setembro 2011). Preview of Images taken by Luís Ferreira

“S (species) File” Juniperus brevifolia (Seub.) Antoine – Março de 2012

Elias, R. (2012). “S (species) File”: Juniperus brevifolia (Seub.) Antoine. Grupo da Biodiversidade dos Açores. Universidade dos Açores, Angra do Heroísmo.

Link

“S (species) File” Juniperus brevifolia (Seub.) Antoine – Março de 2012

Fotos de Miguel Ramos

Ferreira, F. & Borges, P.A.V. (2011).
New photo colaboration – Miguel Ramos - photos to be posted during March 2012. Univ. Azores, Angra do Heroísmo.


Link

Fotos de Miguel Ramos

Espécie de aranha exótica Phidippus audax: presença confirmada na ilha Terceira

No âmbito das actividades de campo do Fórum na Praia que decorreu de 8 a 11 de Março de 2012, foi confirmada a presença da espécie de aranha exótica Phidippus audax (Hentz, 1845) na ilha Terceira. Esta espécie que até à data nos Açores só tinha registo confirmado numa localidade na zona do aeroporto da ilha de Santa Maria (capturada por Dalberto Pombo), foi detectada na zona do Paul da Praia da Vitória (Terceira). A espécie é originária da América do Norte e pertence à família das aranhas saltadoras (Araneae, Salticidae). Estas aranhas são capazes de saltar 50 vezes o comprimento do seu corpo. Possuem uma visão estereoscópica com os seus 8 olhos, 4 pequenos no alto da cabeça e 4 grandes voltados para a frente, o que é útil na perseguição das presas e também na comunicação intra-específica.
Os machos medem entre 6 e 13mm, enquanto que as fêmeas, ligeiramente maiores, podem medir entre 8 e 15mm. São bastante peludas e o cefalotórax e abdómen são pretos, pontualmente manchados de branco. No meio do abdómen existe uma grande mancha triangular branca, e várias outras manchas mais pequenas que podem variar na cor, desde branco, a amarelo e laranja. Muitos indíviduos possuem quelíceras de cor verde iridescente.
A aranha Phidippus audax é um importante predador de insectos, e como tal têm impacto nos ecossistemas. Sendo exótica nos Açores pode constituir um problema para as populações de insectos nativos.

Referências:
http://en.wikipedia.org/wiki/Phidippus_audax
http://animaldiversity.ummz.umich.edu/site/accounts/information/Phidippus_audax.html
http://www.azoresbioportal.angra.uac.pt/listagens.php?lang=pt&myFilo=ARTH&pesquisar=audax&start=1&end=40&sstr=8&id=A00139


Link

Espécie de aranha exótica Phidippus audax: presença confirmada na ilha Terceira

Aphanus rolandri novo Percevejo para a ilha Terceira

Foi encontrada na freguesia da Terra-Chã ilha Terceira, a espécie de insecto Aphanus rolandri, com distribuição anteriormente conhecida apenas na ilha de São Miguel.
Este heteróptero que se alimenta da seiva das plantas, possui hábitos diurnos. Podem ser encontrados em habitats secos, protegidos e bem drenados com
uma cobertura fina de folhagem ou pedras, como pedreiras de giz, penhascos e campos cultivados.


Link

Aphanus rolandri novo Percevejo para a ilha Terceira

Insecto potencialmente invasor com maior distribuição na ilha Terceira

Em Fevereiro foi detectada a presença da espécie de insecto Carausius morosus (Bicho Pau Indiano) em mais duas localidades da ilha Terceira: São Carlos e zona da Vinha Brava. Esta espécie, que até à data nos Açores só foi registada na Terceira e Faial, é originária do sul da Índia.

É bastante comercializado como animal de estimação, o que pode justificar a sua abrangente distribuição mundial, nomeadamente através da fuga de insectos para a natureza, bem como a falta de cuidado no manejo dos detritos soltos resultantes da limpeza das gaiolas, que podem conter ovos. Esta espécie reproduz-se maioritariamente por partenogénese, ou seja, uma estratégia de reprodução assexuada utilizada quando não existem machos disponíveis. O gâmeta feminino desenvolve-se e procria sem que haja recurso a fecundação. As fêmeas adultas vivem vários meses podendo dar origem a largas centenas de ovos.

A proliferação desta espécie num ambiente do qual não é nativa, como é o caso das ilhas açorianas, pode originar distúrbios ecológicos, como tem acontecido no sul da Califórnia (sobretudo em San Diego) e Grã-Bretanha. O Bicho Pau Indiano alimenta-se de uma grande variedade de plantas, desde árvores, a arbustos frutícolas e plantas hortícolas.


Link

Insecto potencialmente invasor com maior distribuição na ilha Terceira

Preview of Images taken by Paulo A.V. Borges to be Posted during March 2012

Ferreira, F. & Borges, P.A.V. (2011). Preview of Images taken by Paulo A.V. Borges to be posted during March 2012. Univ. Azores, Angra do Heroísmo.

Link

Preview of Images taken by Paulo A.V. Borges to be Posted during March 2012

Longicórnio-do-pinheiro (Monochamus galloprovincialis) e a doença do pinheiro potencialmente presentes no Faial

Monochamus galloprovincialis (Coleoptera: Cerambycidae) é conhecido como o mais importante vetor do nematóde do pinheiro e foi encontrado no Verão de 2011 no Varadouro (Faial).

Bursaphelenchus xylophilus (Nematoda: Aphelenchoididae) é o agente causal da doença murcha do pinheiro (PCD). Nativo da América do Norte em 1999, B. xylophilus foi encontrado em Pinus pinaster Portugal. Enquanto todo o território de Portugal continental estava classificado como área infestada, um primeiro surto ocorreu em Espanha em 2008. No entanto, a possibilidade de danos de B. xylophilus nos Açores é limitada já que as espécies de Pinus não são comuns nos Açores.

Longicórnio-do-pinheiro  (Monochamus galloprovincialis) e a doença do pinheiro potencialmente  presentes no Faial

Nova espécie de coleóptero para os Açores encontrado na ilha Terceira: Lixus pulverulentus

Nova espécie de coleóptero encontrada nos Açores!

Confirmou-se a presença de uma nova espécie de Coleóptero no arquipélago dos Açores. A espécie Lixus pulverulentus (Escaravelho trombudo ou Gorgulho) foi encontrada nas freguesias de Santa Luzia e Corpo Santo (Angra do Heroísmo), ilha Terceira. O Escaravelho trombudo ocorre também na ilha da Madeira, tendo uma distribuição mundial que vai desde a região mediterrânica e Europa Central, até ao Irão e Afeganistão.
A sua alimentação é feita à base de flores e folhas das plantas em que se desenvolve (sobretudo plantas da família Malvaciae, mas também Vicia faba, Cirsium arvense, etc). Habitam preferencialmente em encostas e pastagens secas.


Link

Nova espécie de coleóptero para os Açores encontrado na ilha Terceira: Lixus pulverulentus

Projecto TERMODISP - A térmita de madeira seca (Cryptotermes brevis) nas cidades de Angra Heorismo e Ponta Delgada

Nos últimos dois anos tem decorrido o Projecto TERMODISP, projecto de monitorização desta espécie de térmita nos Açores, financiado pela Direcção Regional da Ciência e Tecnologia e Comunicações.

Um dos resultados mais importantes tem a ver com a comparação entre os anos de 2010 e 2011 na monitorização realizada nas cidades de Angra do Heroísmo e Ponta Delgada, pelo Grupo da Biodiversidade dos Açores (CITA-A).

De acordo com os dados obtidos pela equipa de Monitorização das Térmitas dos Açores é possível verificar um aumento da densidade da praga em ambas as cidades.


Link

Projecto TERMODISP - A térmita de madeira seca (Cryptotermes brevis) nas cidades de Angra Heorismo e Ponta Delgada

“S (species) File” Alestrus dolosus (Crotch, 1867) – Fevereiro de 2012

Rego, C. (2012). “S (species) File”: Alestrus dolosus (Crotch, 1867). Grupo da Biodiversidade dos Açores. Universidade dos Açores, Angra do Heroísmo.

Link

“S (species) File” Alestrus dolosus (Crotch, 1867) – Fevereiro de 2012

O Valor dos Nossos Recursos Naturais: Agora e no Futuro

O Grupo da Biodiversidade dos Açores junta-se ao fórum “O Valor dos Nossos Recursos Naturais: Agora e no Futuro” que decorrerá na Praia da Vitória de 8 a 11 de Março de 2012.

Alguns membros do grupo serão líderes dos chamados “Grupos de identificação”:

Grupo de Identificação dos artrópodes – Venha conhecer este grupo de seres vivos onde encontramos os insectos, os caranguejos, as centopeias, entre outros…
Liderado pelo Prof. Paulo Borges
Dia 10 de Março das 14h às 17h
Ponto de encontro: Paul da Praia

Grupo de identificação das Aranhas
Liderado pelo investigador Pedro Cardoso
Dia 10 de Março das 14h às 17h
Ponto de encontro: Paul da Praia

Grupo de identificação dos Briófitos. Venha conhecer os musgos e plantas afins!
Liderado pela Prof. Rosalina Gabriel
Dia 10 de Março das 15h00 às 17h
Ponto de encontro: Cabo da Praia

O que são os Grupos de Identificação?
Durante 3 horas sábado ou domingo integre um dos grupos de identificação e trabalhe em conjunto com investigadores da Universidade dos Açores na identificação dos organismos vivos que nos rodeiam. Cada grupo de identificação é liderado por um especialista. Em conjunto, identifique o maior número de espécies possível de um determinado grupo de animais ou plantas. Todos os interessados são bem-vindos. O ambiente é descontraído e informal. Não são necessários quaisquer conhecimentos prévios. É necessário inscrição prévia! Crianças com idades inferiores a 16 anos devem ser acompanhadas por um adulto.

Inscrições: helenaguimaraes@uac.pt ou 968829444

Outras informações sobre o evento: http://forumnapraia.blogspot.com/

Registo de ocorrência de espécies nos Açores

O Portal da Biodiversidade dos Açores disponibiliza a partir de hoje, on-line, uma ficha onde todos os interessados podem registar a ocorrência de espécies de briófitos, líquenes, plantas vasculares, invertebrados marinhos, moluscos terrestres, artrópodes e vertebrados nos Açores, contribuindo assim para o enriquecimento da base de dados da responsabilidade do Grupo da Biodiversidade dos Açores.

Para o preenchimento da ficha necessitam obrigatoriamente de preencher uma série de campos como: nome da espécie, data e local de observação e fornecerem informação sobre o observador como endereço e contacto.

Está disponível on-line no Portal da Biodiversidade dos Açores no menu “Publicações” na categoria de “Registo de ocorrência de espécies nos Açores” ou directamente a partir do link:
http://www.azoresbioportal.angra.uac.pt/publicacoes.php?tipo=91

Pode ser enviada electronicamente para pborges@uac.pt ou por correio normal para Paulo A. V. Borges, Universidade dos Açores – Departamento de Ciências Agrárias, Rua Capitão João d`Ávila, São Pedro, 9700-042 Angra do Heroísmo, Terceira.

Nota: Toda a informação recebida está sujeita à validação de um investigador responsável antes de ser inserida na base de dados.


Link

Relatório de Actividades do Grupo da Biodiversidade dos Açores - 2011

O "Grupo da Biodiversidade dos Açores" (CITA-A) desenvolve investigação em ecologia fundamental e aplicada e disciplinas associadas (e.g. taxonomia, biogeografia, biologia evolutiva, conservação, educação ambiental), de forma a compreender e predizer o funcionamento das comunidades e ecossietemas insulares.

O número de investigadores associados ao Grupo da Biodiversidade dos Açores tem vindo a crescer desde a sua criação e em 2011 incluía 18 membros permanestes com Ph.D. (8 deles Post-Docs), 16 colaboradores externos em diferentes países (todos com Ph.D.) e sete alunos de Doutoramento.

Em 2011 o Grupo da Biodiversidade dos Açores (CITA-A) foi particularmente productivo em termos de publicações com cerca de 46 artigos científicos em revistas com Impacto, quatro (4) livros e nove(9) capítulos de livros.



Link

Relatório de Actividades do Grupo da Biodiversidade dos Açores - 2011

RAVE – Terra Brava 23 & 24 September 2011. Preview of Images taken by Francisco Valle

Ferreira, F. & Borges, P.A.V. (2011). Preview of Images taken at the RAVE – Terra Brava (23 & 24 Setembro 2011) by Francisco Valle, to be posted during December 2011. Univ. Azores, Angra do Heroísmo.

Link

RAVE – Terra Brava 23 & 24 September 2011. Preview of Images taken by Francisco Valle

Preview of some Images of marine fishes made available by several authors to be posted during February 2012

Ferreira, F. & Borges, P.A.V. (2012).
Preview of some Images of marine fishes assigned by several authors to be posted during February 2012. Univ. Azores, Angra do Heroísmo.


Link

Preview of some Images of marine fishes made available by several authors to be posted during February 2012

Preview of Images taken at the RAVE in Terra Brava, Terceira Island (23 & 24 Setembro 2011) by Filomena Ferreira

Ferreira, F. & Borges, P.A.V. (2011). Preview of Images taken at the RAVE – Terra Brava (23 & 24 Setembro 2011) by Filomena Ferreira, to be posted during December 2011. Univ. Azores, Angra do Heroísmo.

Link

Preview of Images taken at the RAVE in Terra Brava, Terceira Island (23 & 24 Setembro 2011) by Filomena Ferreira

Preview of Images taken by Paulo A.V. Borges to be posted during February 2012

Ferreira, F. & Borges, P.A.V. (2011).
Preview of Images taken by Paulo A.V. Borges to be posted during February 2012. Univ. Azores, Angra do Heroísmo.


Link

Preview of Images taken by Paulo A.V. Borges to be posted during February 2012

“S (species) File” Regulus regulus sanctae-mariae – Janeiro de 2012

Ferreira, F. (2012). “S (species) File”: Regulus regulus sanctae-mariae. Grupo da Biodiversidade dos Açores. Universidade dos Açores, Angra do Heroísmo.

Link

“S (species) File” Regulus regulus sanctae-mariae – Janeiro de 2012

“S (species) Files” das espécies animais e vegetais dos Açores

O Grupo da Biodiversidade dos Açores vai disponibilizar on-line, mensalmente a partir do corrente mês de Janeiro, uma ficha denominada “S (species) File” de uma espécie animal ou vegetal dos Açores.

A S (species) File contém informação variada, sobre a espécie escolhida para esse mês, como o nome científico e comum, estatuto de conservação, distribuição nos Açores, morfologia, habitat, dieta alimentar, importância ecológica, importância económica, importância de conservação e algumas curiosidades.

Poderá aceder a esse conteúdo on-line nas galerias temáticas do Portal da Biodiversidade dos Açores em:

http://galeria.azoresbioportal.angra.uac.pt/temas/index.php?cat=6

ou descarregar o ficheiro pdf a partir das “notícias” do portal em:

http://www.azoresbioportal.angra.uac.pt/noticias.php?lang=pt

“S (species) Files” das espécies animais e vegetais dos Açores

Livro dedicado a Charles Darwin editado pela Revista Açoreana

Martins, A.M.F., & M.C. Carvalho (eds.)(2011), Celebrating Darwin: Proceedings of the Symposium -Darwin s Mistake and what we are doing to correct it-, Ponta Delgada, 19-22 September, 2009. Açoreana, Supl. 7.

Link

O Portal da Biodiversidade dos Açores avança para a listagem dos Verterbrados Marinhos dos Açores

Listamos agora a biodiversidade de Vertebrados Marinhos dos Açores na Base de dados dos Vertebrados.
Esta iniciativa foi financiada pelo Programa PROCONVERGÊNCIA - "Aplicação da Base de Dados ATLANTIS ao Ambiente Marinho dos Açores" (Direcção Regional dos Assuntos do Mar - Secretaria Regional do Ambiente e do Mar)


O Portal da Biodiversidade dos Açores avança para a listagem dos Verterbrados  Marinhos dos Açores

Naturdata publica relatório sumário de 2011/2012

Encontra-se disponível online no site da Naturdata o relatório sumário referente ao ano de 2011.
Esta publicação que apresenta de forma simples os resultados mais relevantes do ano, pode ser consultada no site da Naturdata em: http://naturdata.com/images/stories/2011.pdf ou pode ser directamente descarregada aqui no Portal da Biodiversidade dos Açores.


Link

Naturdata publica relatório sumário de 2011/2012

Preview of Images taken at the RAVE in Terra Brava, Terceira Island (23 & 24 Setembro 2011) by Bruno Ribeiro

Ferreira, F. & Borges, P.A.V. (2011). Preview of Images taken at the RAVE – Terra Brava (23 & 24 Setembro 2011) by Bruno Ribeiro, to be posted during December 2011. Univ. Azores, Angra do Heroísmo.

Link

Preview of Images taken at the RAVE in Terra Brava, Terceira Island (23 & 24 Setembro 2011) by Bruno Ribeiro

Preview of Images taken at the RAVE in Terra Brava, Terceira Island (23 & 24 Setembro 2011) by Alfredo Lemos

Ferreira, F. & Borges, P.A.V. (2011). Preview of Images taken at the RAVE – Terra Brava (23 & 24 Setembro 2011) by Alfredo Lemos, to be posted during December 2011. Univ. Azores, Angra do Heroísmo.

Link

Preview of Images taken at the RAVE in Terra Brava, Terceira Island (23 & 24 Setembro 2011) by Alfredo Lemos

Preview of Images taken at the RAVE in Terra Brava, Terceira Island (23 & 24 Setembro 2011) by Airidas Dapkevicius

Ferreira, F. & Borges, P.A.V. (2011). Preview of Images taken at the RAVE – Terra Brava (23 & 24 Setembro 2011) by Airidas Dapkevicius, to be posted during December 2011. Univ. Azores, Angra do Heroísmo.

Link

Preview of Images  taken at the RAVE in Terra Brava, Terceira Island (23 & 24 Setembro 2011) by Airidas Dapkevicius

Preview of Images taken by Paulo A.V. Borges & Nuno Bicudo to be Posted during December 2011

Ferreira, F. & Borges, P.A.V. (2011). Preview of Images taken by Paulo A.V. Borges & Nuno Bicudo to be posted during December 2011. Univ. Azores, Angra do Heroísmo.


Link

Preview of Imagestaken byPaulo A.V. Borges & Nuno Bicudo to be Posted during December 2011

Preview of Images taken by Paulo A.V. Borges & Rosalina Gabriel to be Posted during December 2011

Ferreira, F. & Borges, P.A.V. (2011). Preview of Images taken by Paulo A.V. Borges & Rosalina Gabriel to be posted during December 2011. Univ. Azores, Angra do Heroísmo.

Link

Preview of Imagestaken byPaulo A.V. Borges & Rosalina Gabrielto be Posted during December 2011

Ave de arribação Botaurus lentiginosus salva na ilha Terceira

No passado dia 31 de Outubro foi encontrada uma garça da espécie Botaurus lentiginosus em São Bartolomeu. A ave, que apresentava aspecto entorpecido, foi recolhida e trazida para a Universidade, ficando ao cuidado do Grupo da Biodiversidade dos Açores. Foi posteriormente levada ao veterinário que lhe ministrou antibiótico e vitaminas, sendo libertada logo de seguida no Paúl da Praia da Vitória. Muitas vezes as aves de arribação chegam completamente exaustas e doentes ao arquipélago, faltanto, no entanto, centros de recuperação e profissionais especializados em aves exóticas, que as possam tratar convenientemente. Este espécime foi o 17º a arribar nos Açores, sendo por isso considerada uma ave de ocorrência rara no arquipélago.
O Abetouro americano, como é conhecido em Portugal, nidifica nos Estados Unidos e Norte do Canadá, migrando para sul no Inverno.


Link

Ave de arribação Botaurus lentiginosus salva na ilha Terceira

Novo Insecto exótico encontrado na Ilha Terceira - Oxycarenus lavaterae (Hemiptera)

Oxycarenus lavaterae é uma espécie de percervejo pertencento à familia Lygaeidae, subfamilia Oxycareninae.

Encontra-se principalmente em França, Itália, Suil, Austria, Jugoslávia, Espanha e região Afro-tropical.

Tem sido recentemente encontrado como abundante em vários jardins de Angra do Heroísmo (Terceira)



Link

Novo Insecto exótico encontrado na Ilha Terceira - Oxycarenus lavaterae (Hemiptera)

Lista Vermelha das Plantas Vasculares da Europa

Nesta publicação, 1,826 espécies de plantas vasculares foram avaliadas, que equivale a cerca de 8% da flora da Europa. Um total de 467 espécies estão ameaçadas de extinção. Foram analisados ​​três grupos:
Plantas constantes ao abrigo de instrumentos de política global ou europeu como a Directiva Habitats Tal, da Convenção de Berna, Convenção sobre o Comércio Internacional de Espécies Ameaçadas da Fauna e da Flora Selvagens (CITES) e da UE Wildlife Trade Regulamento
• Parentes de culturas selvagens (CWR) de culturas prioritárias
• espécies de plantas aquáticas

Link

RAVE (Rapid Assessment Visual Expedition) na Terra Brava

Realizou-se entre os passados dias 23 de Setembro e 2 de Outubro uma RAVE (Rapid Assessment Visual Expedition) na Terra Brava, ilha Terceira.

O objectivo de uma RAVE é obter, num curto espaço de tempo, um retrato de uma área natural. Pretende-se que, quando inserido num esquema geral de conservação, em colaboração com cientistas ou políticos, inspire uma mudança de atitudes perante o ecossistema retratado e o ambiente em geral.

Esta RAVE foi organizada pelo Grupo da Biodiversidade dos Açores do Centro de Investigação e Tecnologias Agrárias dos Açores, Museu de Angra do Heroísmo e Parque Natural da Terceira.

Contou com a participação de 12 fotógrafos profissionais e amadores, resultando daí uma selecção de 31 fotografias que estarão em exposição no Museu de Angra do Heroísmo a partir do dia 15 de Outubro e por um período de dois meses.


Link

RAVE (Rapid Assessment Visual Expedition) na Terra Brava

Nova Galeria da Biodiversidade dos Açores Reformulada

Estão disponíveis novas funcionalidades na Galeria da Biodiversidade dos Açores como seja a possibilidade de Identificar as espécies de Plantas Endémicas. Ver Link.

Link

Nova Galeria da Biodiversidade dos Açores Reformulada

Novas imagens disponíveis e novo registo para os Açores do gafanhoto: Trigonnidium cicindeloides Rambur, 1839

Ferreira, F. & Borges, P.A.V. (2011). Preview of Images taken by Paulo A.V. Borges, José P. Borges & Nuno Bicudo to be posted during September 2011. Univ. Azores, Angra do Heroísmo.

Link

Novas imagens disponíveis e novo registo para os Açores do gafanhoto: Trigonnidium cicindeloides Rambur, 1839

Novas imagens de Paulo Araújo

Ferreira, F. & Borges, P.A.V. (2011). Preview of Images taken by Paulo Araújo to be posted during September 2011. Univ. Azores, Angra do Heroísmo.

Link

Novas imagens de Paulo Araújo

Novas imagens de Paulo A. V. Borges (19)

Ferreira, F. & Borges, P.A.V. (2011). Preview of Images taken by Paulo A.V. Borges & Nuno Bicudo to be posted during September 2011. Univ. Azores, Angra do Heroísmo.

Link

Novas imagens de Paulo A. V. Borges (19)

Estima-se em quase 9 milhões o numero de espécies no Planeta

Mora C, Tittensor DP, Adl S, Simpson AGB, Worm B (2011) How Many Species Are There on Earth and in the Ocean? PLoS Biol 9(8): e1001127. doi:10.1371/journal.pbio.1001127


Link

Estima-se em quase 9 milhões o numero de espécies no Planeta

Novo Livro - Terrestrial arthropods of Macaronesia – Biodiversity, Ecology and Evolution

Serrano, A.R.M., Borges, P.A.V., Boieiro M. & Oromí, P. (Eds.) (2010). Terrestrial arthropods of Macaronesia – Biodiversity, Ecology and Evolution. Sociedade Portuguesa de Entomologia, Lisboa, 327 pp

Ver todos os Capitulos em PUBLICAÇÕES- Livro - Terrestrial arthropods of Macaronesia – Biodiversity, Ecology and Evolution

Link

Novo Livro - Terrestrial arthropods of Macaronesia – Biodiversity, Ecology and Evolution

Explore as imagens em Panorama Giga-Pan dos Açores

Estamos a iniciar um conjunto de imagens em Panorama dinâmico usando os Software Giga-Pan. Ver a primeira imagem no Link abaixo.

Link

Explore as imagens em Panorama Giga-Pan dos Açores

Novo E-Book - Estimar extinções em ilhas oceânicas: artrópodes e briófitos

Borges P.A.V. & Gabriel, R.G. (2009). Predicting extinctions on oceanic islands: arthropods and bryophytes /Estimar extinções em ilhas oceânicas: artrópodes e briófitos. Universidade dos Açores, Angra do Heroísmo, 80 pp. (Book Celebrating the BES Award for Excellence in the Conservation of Biodiversity in Portugal, 2008).

Link

Novo E-Book - Estimar extinções em ilhas oceânicas: artrópodes e briófitos

Novas imagens de Paulo A. V. Borges (18)

Ferreira, F. & Borges, P.A.V. (2011). Preview of Images from birds taken by Paulo A.V. Borges to be posted during July 2011. Univ. Azores, Angra do Heroísmo.

Link

Novas imagens de Paulo A. V. Borges (18)

Novas imagens de Hanno Schaefer

Ferreira, F. & Borges, P.A.V. (2011). Preview of Images taken by Hanno Schaefer to be posted during July 2011. Univ. Azores, Angra do Heroísmo.

Link

Novas imagens de Hanno Schaefer

Plantações de Criptoméria abandonadas favorecem os escaravelhos endémicos de Santa Maria - Açores

Meijer, S.S., Whittaker, R.J. & Borges, P.A.V. (2011). The effects of land-use change on arthropod richness and abundance on Santa Maria Island (Azores): unmanaged plantations favour endemic beetles. Journal of Insect Conservation, 15: 505-522

Link

Plantações de Criptoméria abandonadas favorecem os escaravelhos endémicos de Santa Maria - Açores

Diversidade por descobrir nas plantas endémicas dos Açores

Schaefer, H., Moura, M., Maciel, M.G.B., Silva, L., Rumsey, F., Carine, M.A. (2011). The Linnean shortfall in oceanic island biogeography: a case study in the Azores. Journal of Biogeography, 38: 1345-1355

Link

Diversidade por descobrir nas plantas endémicas dos Açores

Novas imagens de Paulo A. V. Borges (17)

Ferreira, F. & Borges, P.A.V. (2011). Preview of Images to be posted during July 2011. Univ. Azores, Angra do Heroísmo.

Link

Novas imagens de Paulo A. V. Borges (17)

Global patterns of guild composition and functional diversity of spiders

Cardoso, P., Pekár, S., Jocqué, R. & Coddington, J.A. (2011) Global patterns of guild composition and functional diversity of spiders. PLoS ONE, 6: e21710 -doi:10.1371/journal.pone.0021710.

Link

Global patterns of guild composition and functional diversity of spiders

Atlas de biodiversidad de Canarias por José Luis Martín

Martín, J.L. 2010. Atlas de biodiversidad de Canarias. Ed. Gobierno de Canarias. 287 pp

Link

Atlas de biodiversidad de Canarias por José Luis Martín

Projecto "BioDiversity4All" - Biodiversidade para todos

O projecto BioDiversity4All - Biodiversidade para todos está a criar uma base de dados online sobre a Biodiversidade em Portugal, fundamentada na participação activa da sociedade civil e da comunidade científica.

O BioDiversity4All cria a possibilidade de todos contribuirem com registos de observações de plantas, animais e fungos e de usufruirem dessa informação, segundo o conceito Web 2.0, através de um site fácil e divertido de utilizar e explorar.

O projecto BioDiversity4All tem por missão unir o maior número de pessoas na promoção do conhecimento sobre a Biodiversidade. Queremos tornar-nos na mais completa, acessível e conhecida base de informação sobre a distribuição de espécies a nível nacional.

O projecto BioDiversity4All - Biodiversidade para todos constituiu-se como Associação Sem Fins Lucrativos em Janeiro de 2010.



Link

Projecto "BioDiversity4All" - Biodiversidade para todos

Apresentação sobre o Portal da Biodiversidade dos Açores

Gabriel, R. et al. (2011) O Portal da Biodiversidade dos Açores. Seminário Cidadania e Sustentabilidade para o Século XXI
Painel 3: A biodiversidade e a geodiversidade contada para miúdos: utilizações pedagógicas
Angra do Heroísmo (Centro Cultural e de Congressos de Angra do Heroísmo) – 14 de Maio de 2011

Link

Apresentação sobre o Portal da Biodiversidade dos Açores

Celebrating the International Day for Biological Diversity with Images from Paulo A. V. Borges to be posted during May 2011

Mendonça, E. & Borges, P.A.V. (2010). Celebrating the International Day for Biological Diversity with Images from Paulo A. V. Borges to be posted during May 2011. Univ. Azores, Angra do Heroísmo.


Link

Celebrating the International Day for Biological Diversity with Images from Paulo A. V. Borges to be posted during May 2011

Portal das espécies europeias está já disponível

Já está disponível o Portal das espécies da Europa onde é possível ter os nomes e a distribuição de todas as espécies da Europa

Link

Portal das espécies europeias está já disponível

Novo site sobre as Aves dos Açores

Está disponível um novo Portal sobre as aves dos Açores. Aqui encontra informação sobre as aves que ocorrem nos Açores e os melhores locais para as observar.

Link

Novo site sobre as Aves dos Açores

Espécie invasora Trachemys scripta elegans encontrada no meio natural na ilha Terceira

No passado dia 22 de Fevereiro foi encontrado na ribeira junto ao Pólo Universitário do Pico da Urze, pelo técnico do Grupo da Biodiversidade dos Açores, Fernando Pereira, um cágado (tartaruga de água doce) da espécie Trachemys scripta elegans. Conhecida em Portugal como Tartaruga-de-faces-rosadas, este animal é provavelmente o réptil mais comercializado no mundo como animal de estimação. A Tartaruga-de-faces-rosadas está no TOP 100 das espécies invasoras mais perigosas do mundo (http://www.issg.org/worst100_species.html), possuindo uma incrível capacidade de adaptação a novos meios, podendo por isso ter um impacto muito negativo nos ecossistemas naturais. Esta espécie é originária dos Estados Unidos da América, mas actualmente encontra-se distribuída em estado selvagem um pouco por todo o mundo, fruto de introduções humanas. Os seus habitats de eleição são lagos, zonas ribeirinhas, cursos de água, etc.

Link

Espécie invasora Trachemys scripta elegans encontrada no meio natural na ilha Terceira

Presença de térmitas confirmada na ilha do Pico

No âmbito do Projecto TERMODISP – “A térmita de madeira seca Cryptotermes brevis (Walker) nos Açores: Monitorização dos vôos de dispersão e prevenção da colonização”, financiado pela DRCT-C, a Equipa de Monitorização e Controlo das Térmitas nos Açores (EMCTA), liderada pelo Professor Paulo Borges da Universidade dos Açores, deslocou-se à ilha do Pico, entre os dias 15 e 23 de Fevereiro passado, com o intuíto de procurar indícios da praga na ilha.
Foi confirmada a presença da espécie de térmita de madeira seca (Cryptotermes brevis) numa habitação na freguesia das Ribeiras, no concelho das Lajes, adicionando-se assim a ilha do Pico à lista de ilhas com infestação confirmada.

Presença de térmitas confirmada na ilha do Pico

O Portal da Biodiversidade dos Açores, é o novo parceiro da Pan-European Species directories Infrastructure (PESI).

Esta iniciativa visa estabelecer uma nomenclatura taxonómica uniformizada na Europa. Os parceiros contribuem para uma listagem Europeia de espécies presentes em cada país e asseguram a actualização da informação taxonómica num futuro portal Europeu da biodiversidade.

Com esta parceria o Portal da Biodiversidade dos Açores e o Grupo da Biodiversidade dos Açores passa a ser reconhecido como uma das autoridades nacionais na matéria junto da União Europeia.

Link

O Portal da Biodiversidade dos Açores, é o novo parceiro da Pan-European Species directories Infrastructure (PESI).

Nova Listagem da Flora Vascular de Portugal Continental, Açores e Madeira

Foi concluída em Setembro de 2010 a Checklist da Flora de Portugal (Continente, Açores e Madeira). Trabalharam na sua revisão 18 autores sob a coordenação da Associação Lusitana de Fitossociologia (ALFA).



Link

Nova Listagem da Flora Vascular de Portugal Continental, Açores e Madeira

Novas imagens de Paulo A. V. Borges (16)

Mendonça, E. & Gabriel, R. (2011). Preview of Images of Bryophytes taken by
Paulo A. V. Borges to be posted during February 2011. Univ. Azores, Angra do Heroísmo.

Link

Novas imagens de Paulo A. V. Borges (16)

Novas imagens de Pedro Cardoso (8)

Soares, R. & Borges, P.A.V. (2011). Preview of Images from Pedro Cardoso to be posted during February 2011. Univ. Azores, Angra do Heroísmo.

Link

Novas imagens de Pedro Cardoso (8)

Novas imagens de Paulo A. V. Borges (15)

Soares, R. & Borges, P.A.V. (2011).
Preview of Images of the bird Nyctanassa violacea (Linnaeus, 1758) taken by Paulo A. V. Borges to be posted during February 2011. Univ. Azores, Angra do Heroísmo.


Link

Novas imagens de Paulo A. V. Borges (15)

Ave rara encontrada na ilha Terceira: Nyctanassa violacea (garça-nocturna-coroada ou goraz-coroado)

Tem o nome de Nyctanassa violacea (garça-nocturna-coroada ou goraz-coroado) e pela primeira vez foi registada a sua presença no Paleártico Ocidental. Desde finais de Julho do ano passado que esta ave é frequentemente observada na Marina de Angra do Heroísmo.
Trata-se de uma ave juvenil, com plumagem acastanhada, pequenas manchas de cor branca nas asas e estrias indistintas no ventre. O bico é preto e as patas são esverdeadas. Quando atinge a fase adulta, com cerca de dois anos, esta garça exibe plumagem cinzenta, cara e bico pretos, bochechas brancas, e uma caracteristica coroa amarela na cabeça. As patas são de cor amarela, tornando-se avermelhadas nos machos reprodutores.
A Garça-nocturna-coroada é originária da América do Norte. Nidifica em vários estados norte-americanos, desde a Califónia até ao Maine, passando por Oklahoma, Colorado, Kansas, Nebraska, etc., mas também no México, Costa do Golfo, Bahamas, América Cental e América do Sul, incluindo as ilhas Galápagos e Brasil onde é conhecida como Savacu-de-coroa.
É uma ave bastante sedentária e normalmente inverna nos mesmos sítios onde nidifica. Ocasionalmente pode ser vista em outros estados da América do Norte (onde não é nidificante) e em algumas regiões do Canadá.
Como habitat esta ave prefere áreas húmidas arborizadas, como pântanos, lagoas, lagos ou mangais. É comum ser encontrada em águas rasas de maré, bem como ao longo dos rios de planície com árvores nas redondezas (Kaufman 1996).
Como o nome comum indica, a Garça-nocturna-coroada alimenta-se principalmente ao fim da tarde e noite, embora possa ocorrer alguma actividade durante o dia, principalmente em zonas costeiras (Kaufman 1996).

Referências bibliográficas:
Kaufman, K. (1996). Lives of North American Birds. Boston: Houghton Mifflin


Link

Ave rara encontrada na ilha Terceira: Nyctanassa violacea (garça-nocturna-coroada ou goraz-coroado)

Nova Listagem da Biodiversidade terrestre das Canárias 2010

Arechavaleta, M., S. Rodríguez, N. Zurita & A. García (coord.) 2010. Lista de especies silvestres de Canarias. Hongos, plantas y animales terrestres. 2009. Gobierno de Canarias. 579 pp


Link

Nova Listagem da Biodiversidade terrestre das Canárias 2010

Ecologi@ - Nova Revista Online da SPECO - Soc. Portuguesa de Ecologia

A SPECO lançou o primeiro número da revista Ecologi@.

Trata-se de uma revista on line que visa criar um novo espaço dedicado a assuntos e temas relativos à Ecologia, que desejamos venha a ser especialmente acarinhado pela comunidade lusófona.

Ver Numero completo abaixo.



É uma revista que preencherá, simultaneamente, propósitos de divulgação e comunicação de ciência, publicando artigos científicos e sumários de teses e projectos, sem deixar de valorizar o contacto com a sociedade, através da publicação de artigos de opinião e de divulgação científica.



Link

Ecologi@ - Nova Revista Online da SPECO - Soc. Portuguesa de Ecologia

A fauna subterrânea de Portugal

Reboleira, A.S.P.S., Borges, P.A.V., Gonçalves, F., Serrano, A.R.M. & Oromí, P. (2011). The subterranean fauna of a biodiversity hotspot region - Portugal: an overview and its conservation. International Journal of Speleology, 40: 23-37

Link

A fauna subterrânea de Portugal

TOP10 das espécies portuguesas

Durante o ano de 2010 o Portal Naturdata - biodiversidade online (www.naturdata.com) e o Portal da Biodiversidade dos Açores (www.azoresbioportal.angra.uac.pt) lançaram a iniciativa “Top 10 das espécies Portuguesas”. Pretendeu-se fazer uma pequena listagem representativa das espécies que por qualquer razão se destacaram como as mais emblemáticas de entre todas as descritas de Portugal entre 2000 e 2010. As votações abertas ao público decorreram até o final do ano.

O público votou e escolheu. Recolheram-se 303 votos. As espécies seleccionadas contam com 5 aracnídeos, 2 insectos, uma lesma-do-mar, um peixe e uma ave. Aqui ficam as 10 espécies mais votadas (ver Link abaixo)

Link

TOP10 das espécies portuguesas

Base de Dados das Plantas do Mundo

Lista apresenta das plantas mais comuns às mais exóticas

Botânicos britânicos e americanos criaram a lista de plantas mais ampla do mundo, com 1,25 milhão de denominações inventariadas.

A "Plant List" comporta também links de publicações científicas relacionadas com as espécies em questão, para ajudar o trabalho de investigadores, tanto em botânica quanto em farmácia.

Os especialistas em botânica e em tecnologia de informação das duas instituições iniciaram as suas pesquisas em 2008 para estabelecer esta lista como base de comparação entre famílias de plantas compiladas por Kew Gardens e o sistema Tropicos, um banco de dados produzido, desde 1982, pelo Missouri Botanical Garden


Link

Publicação sobre o Portal da Biodiversidade dos Açores

Borges, P.A.V., Gabriel, R., Arroz, A., Costa, A., Cunha, R., Silva, L., Mendonça, E. Martins, A.F., Reis, F. & Cardoso, P. (2010). The Azorean Biodiversity Portal: an internet database for regional biodiversity outreach. Systematics and Biodiversity, 8: 423-434.

Peça o PDF para pborges@uac.pt

Link

Publicação sobre o Portal da Biodiversidade dos Açores

TOP 10 Espécies endémicas de Portugal

Centenas de novas espécies para a ciência foram descritas de Portugal na última década. Desde insectos comuns mas nunca devidamente identificados como novos para o mundo científico até musgos de distribuição restrita. Desde aranhas com décimas de milímetro de comprimento até aves visíveis à distância. No entanto a maioria destas descobertas passa despercebida ao grande público. Pouca gente tem noção que não é preciso ir à Amazónia em grandes expedições para descobrir espécies que nunca ninguém viu. É possível fazê-lo literalmente nas traseiras de nossas casas.

O Portal Naturdata - biodiversidade online e o Portal da Biodiversidade dos Açores lançam neste Ano Internacional da Biodiversidade a iniciativa “Top 10 das espécies Portuguesas”. Pretende-se fazer uma pequena listagem representativa das espécies que por qualquer razão se destacam como as mais emblemáticas de entre todas as descritas entre 2000 e 2010.

Entre Julho e Novembro de 2010 as candidaturas foram enviadas. Poderá ver uma breve descrição de cada espécie candidata na parte de baixo desta página. Informe-se, escolha e vote nas suas preferidas no LINK abaixo do NATURDATA

Link

TOP 10 Espécies endémicas de Portugal

Concurso “Biodiversidade dos Açores – Fotografias com Histórias” entrega de prémios em Santa Maria.

No passado dia 4 e 5 de Novembro a Dra. Alison Neilson e a Eng. Enésima Mendonça do Grupo da Biodiversidade dos Açores, deslocaram-se à ilha de Santa Maria para procederem à entrega dos prémios aos vencedores do concurso “Biodiversidade dos Açores – Fotografias com Histórias” escalão menores de 13 anos. Concurso, esse, promovido pelo RCE Açores no âmbito das comemorações do ano 2010 como o Ano Internacional da Biodiversidade.
Além da entrega dos prémios foram realizadas várias palestras e actividades com os alunos com o objectivo de promover o conhecimento da biodiversidade dos Açores.
Este evento foi divulgado em: “O Baluarte” de Santa Maria, edição de 12 de Novembro de 2010, p. 21, num artigo do Professor José Andrade Melo.


Link

Concurso “Biodiversidade dos Açores – Fotografias com Histórias” entrega de prémios em Santa Maria.

Imagens novas de Paulo Henrique Silva

Mendonça, E. & Borges, P.A.V. (2010). Preview of Images from Paulo Henrique Silva from http://siaram.azores.gov.pt/ to be posted during November 2010. Univ. Azores, Angra do Heroísmo

Link

Imagens novas de Paulo Henrique Silva

Nova galeria de imagens disponivel agora no Portal da Biodiversidade dos Açores

A Galeria da Biodiversidade dos Açores permite que possa apreciar e aprender sobre os diversos aspectos da natureza única e peculiar dos Açores. A nossa galeria oferece uma riqueza de informações sobre plantas e insectos, assim como muitas fotos. Pode utilizar ferramentas para identificação de espécies como navegar pelas nossas galerias temáticas. Esperamos que esta nova ferramenta seja útil na investigação ou mera curiosidade

Link

Nova galeria de imagens disponivel agora no Portal da Biodiversidade dos Açores

Detective Ecológico: Nova espécie de cigarrinha exótica encontrada (Cicadella viridis) na ilha de São Miguel

Foi fotografado por Nuno Bicudo na ilha de São Miguel a espécie de cigarrinha (Cicadella viridis)(Hemiptera, Cicadellidae). Trata-se de mais uma espécie exótica introduzida nos Açores. Ver fotos no Link.


Link

Detective Ecológico: Nova espécie de cigarrinha  exótica encontrada (Cicadella viridis) na ilha de São Miguel

Novas imagens de Artrópodes, Moluscos Terrestres e Vertebrados de Hanno Schäfer

Soares, R. & Borges, P.A.V. (2010).
Preview of Images of Arthropods, Terrestrial Mollusca and Vertebrates from Hanno Schäfer to be posted during October 2010. Univ. Azores, Angra do Heroísmo.


Link

Novas imagens de Artrópodes, Moluscos Terrestres e Vertebrados de Hanno Schäfer

Novas imagens de Plantas Vasculares de Hanno Schäfer

Soares, R. & Borges, P.A.V. (2010).
Preview of Images of Vascular plants from Hanno Schäfer to be posted during October 2010.
Univ. Azores, Angra do Heroísmo.


Link

Novas imagens de Plantas Vasculares de Hanno Schäfer

SIARAM - Sentir e interpretar o ambiente dos Açores

Já está disponível um novo website sobre o ambiente e biodiversidade dos Açores, uma iniciativa do Governo regional dos Açores. Trata-se de um recurso de grande qualidade sendo de realçar as fotos de grande beleza e qualidade de Paulo Henrique Silva. Em breve iremos também disponibilizar algumas dessas imagens no nosso Portal.

Link

SIARAM - Sentir e interpretar o ambiente dos Açores

Imagens de Dejalme Vargas

Mendonça, E. & Borges, P.A.V. (2010).
Preview of Images from Dejalme Vargas to be posted during september 2010.
Univ. Azores, Angra do Heroísmo.


Link

Imagens de Dejalme Vargas

Pré candidaturas ao top 10 espécies novas de Portugal já em lista

Agora pode consultar as pré-candidaturas recebidas à iniciativa "Top 10 - Espécies Portuguesas 2000-2010", promovida pelo Naturdata - biodiversidade online e pelo Portal da Biodiversidade dos Açores.
A lista encontra-se disponível aqui

Link

Pré candidaturas ao top 10 espécies novas de Portugal já em lista

Lista da Biodiversidade Terrestre e Marinha dos Açores já disponível - Ver Link

2010 é o Ano Internacional da Biodiversidade (http://www.countdown2010.net/year-biodiversity) e queremos comemorar a biodiversidade do Arquipélago dos Açores. Para tal publicamos este ano a listagem completa da fauna e flora terrestre e marinha, numa edição da Princípia:

Borges, P.A.V., Costa, A., Cunha, R., Gabriel, R., Gonçalves, V., Martins, A.F., Melo, I., Parente, M., Raposeiro, P., Rodrigues, P., Santos, R.S., Silva, L., Vieira, P. & Vieira, V. (Eds.) (2010). A list of the terrestrial and marine biota from the Azores. Princípia, Oeiras, 432 pp.

O LANÇAMENTO OFICIAL SERÀ NO DIA 20 DE NOVEMBRO NA ILHA TERCEIRA NA UNIVERSIDADE DOS AÇORES

Se não é autor ou colaborador, para ter uma cópia Impressa contactar

Princípia
Rua Vasco da Gama, 60-C – 2775-297 Parede – Portugal
principia@principia.pt • www.principia.pt

Este livro lista a biodiversidade terrestre e marinha (principalmente costeira) dos Açores, tal como ela é conhecida actualmente. Obra de grande envergadura, inclui cerca de 8050 espécies e subespécies que se reproduzem nos Açores e mais de três centenas de espécies de aves visitantes do arquipélago. Foi coordenada por 14 investigadores, 12 da Universidade dos Açores, um da Universidade de Lisboa e outro da Universidade de Évora e contou ainda com a colaboração de mais 120 cientistas, nacionais e estrangeiros.
O livro está organizado em duas secções (terrestre e marinha), incluindo um total de 15 capítulos. O capítulo inicial descreve a biodiversidade dos Açores em termos numéricos e propõe linhas estratégias para o estudo e conservação da biodiversidade do arquipélago. Os restantes capítulos, listam a biodiversidade de 14 grandes grupos taxonómicos, apresentando a sua distribuição pelas nove ilhas dos Açores, bem como a indicação da origem das espécies (ex. endémicas dos Açores, nativas, introduzidas)


Link

Lista da Biodiversidade Terrestre e Marinha dos Açores já disponível - Ver Link

Artigo sobre extinções potenciais dos artrópodes dos Açores está agora disponível "Free Online!

Triantis, K.A., Borges, P.A.V., Ladle, R.J., Hortal, J., Cardoso, P., Gaspar, C., Dinis, F., Mendonça, E., Silveira, L.M.A., Gabriel, R., Melo, C., Santos, A.M.C., Amorim, I.R., Ribeiro, S.P., Serrano, A.R.M., Quartau, J.A. & Whittaker, R.J. (2010). Extinction debt on oceanic islands. Ecography, 33: 285-294.

Online em: http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1111/j.1600-0587.2010.06203.x/pdf

Link

Artigo sobre extinções potenciais dos artrópodes dos Açores está agora disponível "Free Online!

Nova espécie de réptil encontrado para os Açores

Trata-se do primeiro registo da espécie Tarentola mauritanica (Linnaeus, 1758) (Reptilia; Gekkonidae) para os Açores recentemente publicado por investigadores da Universidade dos Açores.

Barreiros, J.P., R.B. Elias, J. Lourenço, E. Dias & P. Borges 2010. First records of
Tarentola mauritanica (Linnaeus, 1758) (Reptilia; Gekkonidae) in the Azores.
Arquipelago. Life and Marine Sciences, 27: 73-75.


Link

Nova espécie de réptil encontrado para os Açores

Novas imagens de Paulo A. V. Borges (14)

Mendonça, E. & Borges, P.A.V. (2010).
Preview of Images from Paulo A. V. Borges to be posted during August 2010. Univ. Azores, Angra do Heroísmo.


Link

Novas imagens de Paulo A. V. Borges (14)

Espécie de musgo raro dos Açores com ficha especial no Site "ARKive website"

As imagens do Grupo da Biodiversidade dos Açores sobre o musgo raro dos Açores Echinodium renauldii (IUCN - espécie vulnerável) estão agora disponíveis no prestigiado site ARKive. Ver mais em


http://www.arkive.org/echinodium/echinodium-renauldii/images.html


Link

Espécie de musgo raro dos Açores com ficha especial no Site "ARKive website"

Áreas protegidas e Mudanças Climáticas

O relatório, de autoria do professor Miguel Bastos Araújo e com a colaboração de Raquel Garcia, oferece um diagnóstico dos possíveis impactos das alterações climáticas sobre a biodiversidade em áreas protegidas (incluindo zonas Natura 2000) na Europa. Com base no diagnóstico são discutidas estratégias de adaptação para a biodiversidade, nomeadamente no que respeita a preservação in situ em áreas protegidas e áreas adjacentes. Mecanismos e políticas de gestão para enfrentar os desafios colocados pelas alterações climáticas são revistos e discutidos também

Link

Áreas protegidas e Mudanças Climáticas

Aranha endémica de Portugal classificada pela IUCN como Criticamente em Perigo de Extinção

Cavernícola, com uma área de distribuição restrita ao Sistema Cársico do Frade (Sesimbra), em pleno Parque Natural da Arrábida, a mais pequena aranha europeia foi classificada pela União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN) como Criticamente em Perigo de Extinção, o mais alto nível de ameaça possível.




De distribuição diminuta, com baixos efectivos populacionais e o habitat ameaçado por pedreiras, foram alguns dos critérios usados para que a IUCN classificasse a Anapistula ataecina com tão elevado estatuto de ameaça. É uma de entre apenas 3 aranhas a nível mundial e uma de entre 13 espécies de fauna ou flora em Portugal a ter tal estatuto. Descoberta em 2005 e descrita em fins de 2009, a espécie vem agora demonstrar o quão pouco se conhece da nossa fauna e do que a ameaça.



http://www.iucnredlist.org/apps/redlist/details/176265/0



http://naturdata.com/index.php?option=com_species&spid=38071:Anapistula-ataecina&Itemid=66


Link

Aranha endémica de Portugal classificada pela IUCN como Criticamente em Perigo de Extinção

Novas imagens de Pedro Cardoso (7)

Mendonça, E. & Borges, P.A.V. (2010).
Preview of Images from Pedro Cardoso to be posted during July 2010. Univ. Azores, Angra do Heroísmo.


Link

Novas imagens de Pedro Cardoso (7)

Global Biodiversity: Indicators of Recent Declines

Butchard et al. (2010). Global Biodiversity: Indicators of Recent Declines. Sciencexpress. www.sciencexpress.org / 29 April 2010 / Page 1 / 10.1126/science.1187512

In 2002, world leaders committed, through the Convention on Biological Diversity, to achieve a significant reduction in the rate of biodiversity loss by 2010. We compiled 31 indicators to report on progress toward this target. Most indicators of the state of biodiversity (covering species’ population trends, extinction risk, habitat extent and condition, and community composition) showed declines, with no significant recent reductions in rate, whereas indicators of pressures on biodiversity (including resource consumption, invasive alien species, nitrogen pollution, overexploitation, and climate change impacts) showed increases. Despite some local successes and increasing responses (including extent and biodiversity coverage of protected areas, sustainable forest management, policy responses to invasive alien species, and biodiversity-related aid), the rate of biodiversity loss does not appear to be slowing.

Link

Assessing the completeness of bryophyte inventories: an oceanic island as a case study (Azores: Terceira).

Aranda, S.C., Gabriel, R., Borges, P.A.V. & Lobo, J. (2010). Assessing the completeness of bryophyte inventories: an oceanic island as a case study (Azores: Terceira). Biodiversity and Conservation, 19: 2469-2484.

Link

Assessing the completeness of bryophyte inventories: an oceanic island as a case study (Azores: Terceira).

Science "Darwin 200 Collection Booklet"

Colecção de papers da revista Science dedicadas a Charles Darwin e á Teoria da Evolução

Link

Science "Darwin 200 Collection Booklet"

Novas imagens de Paulo Borges (13)

Mendonça, E. & Borges, P.A.V. (2010).
Preview of Images from Paulo A. V. Borges to be posted during July 2010.
Univ. Azores, Angra do Heroísmo


Link

Novas imagens de Paulo Borges (13)

Extinções futuras nos artrópodes dos Açores

O Grupo da Biodiversidade dos Açores publicou recentemente um importante paper onde se estima um número elevado de extinções para os artrópodes endémicos especialistas das florestas nativas dos Açores, particularmente nas ilhas do Faial, São Jorge, São Miguel e Santa Maria.

Se nada for feito para aumentar as áreas de floresta nativa nessas ilhas mais de 50% das espécies de insectos e aranhas endémicas podem vir a extinguir-se nos próximas décadas...

Publicação:

Triantis, K.A., Borges, P.A.V., Ladle, R.J., Hortal, J., Cardoso, P., Gaspar, C., Dinis, F., Mendonça, E., Silveira, L.M.A., Gabriel, R., Melo, C., Santos, A.M.C., Amorim, I.R., Ribeiro, S.P., Serrano, A.R.M., Quartau, J.A.& Whittaker, R.J. (2010). Extinction debt on oceanic islands. Ecography, 33: 285-294.

Entretanto está a decorrer um projecto financiado pela FCT FCT- PTDC/BIA-BEC/100182/2008 – “Predicting extinctions on islands: a multi-scale assessment” (2010-2013) onde se pretende continuar a avaliar os locais mais sensíveis e verificar a possivel existência de uma erosão genética das espécies sensíveis.


Link

Extinções futuras nos artrópodes dos Açores

TOP 10 das espécies novas para a ciência de Portugal descritas nos últimos 10 anos

Top 10 das espécies Portuguesas
Centenas de novas espécies para a ciência foram descritas de Portugal na última década.
Desde insectos comuns mas nunca devidamente identificados como novos para o mundo científico até musgos de distribuição restrita. Desde aranhas com décimas de milímetro de comprimento até aves visíveis à distância. No entanto a maioria destas descoberta passa despercebida ao grande público. Pouca gente tem noção que não é preciso ir à Amazónia em grandes expedições para descobrir espécies que nunca ninguém viu.
É possível fazê-lo literalmente nas traseiras de nossas casas.
O Portal Naturdata - biodiversidade online (www.naturdata.com) e o Portal da Biodiversidade dos Açores (www.azoresbioportal.angra.uac.pt) lançam neste Ano Internacional da Biodiversidade a iniciativa “Top 10 das espécies Portuguesas”. Pretende-se fazer uma pequena listagem representativa das espécies que por qualquer razão se destacam como as mais emblemáticas de entre todas as descritas entre 2000 e 2010.
A escolha terá 3 fases distintas:
1. Até 31 de Agosto qualquer pessoa, taxonomista ou não, entendido ou nem por isso, poderá enviar “candidaturas” das espécies que considera que deverão constar na listagem. Estas espécies deverão ter sido descritas entre 2000 e 2010 no território nacional (incluindo Açores e Madeira). Podem ser espécies raras e em perigo de extinção, espécies que exibam comportamentos muito particulares ou simplesmente espécies tão
comuns que ninguém pensaria que só recentemente foram descritas. Basta enviar um mail para info@naturdata.com com os seguintes dados (quando existentes):
- Nome científico
- Nome comum
- Porque acha que esta espécie deve constar da lista “Top10” (máximo 200 palavras)
- Fotografias (de autoria própria ou com autorização do autor)
- Links para informação online da espécie
Para facilitar as buscas pode-se encontrar abaixo uma listagem provavelmente incompleta
de cerca de 300 espécies.
2. Os coordenadores dos portais farão uma pré-selecção das espécies elegíveis e consideradas mais interessantes (de acordo com os dados fornecidos) e criarão uma ficha para cada espécie. Será então aberto um período de votação para que o público em geral possa votar nas espécies “preferidas”. Este período de votação decorrerá até 30 de Novembro.
3. De acordo com a votação do público (50%) e do próprios coordenadores (50%) será escolhido e anunciado o Top10 em Dezembro de 2010.



Link

TOP 10 das espécies novas para a ciência de Portugal descritas nos últimos 10 anos

Nova lista das Aranhas da Peninsula Ibérica

Cardoso, P. & Morano, E. (2010). The Iberian spider checklist (Araneae). Zootaxa, 2495: 1-52

Link

Nova lista das Aranhas da Peninsula Ibérica

As 100 espécies prioritárias em termos de conservação da Macaronésia - Publicado na revista Biodiversity and Conservation

Abstract
Oceanic islands have been the grand stage of documented extinctions. In view of limited resources, efficient prioritization is crucial to avoid the extinction of taxa. This work lists the top 100 management priority species for the European archipelagos of the Macaronesian region (Azores, Madeira and the Canary Islands), taking into account both their protection priority and their management feasibility. Bryophytes, vascular plants, molluscs, arthropods and vertebrates were scored by species experts following two sets of criteria: (i) protection priority, including ecological value, singularity, public institutions’ management responsibilities and social value; (ii) management feasibility, including threats knowledge and control feasibility, external socio-economical support for management and biological recovery potential. Environmental managers weighted the same criteria according to their management importance. Final species scores were determined by the combination of both species valuation and criteria weighting. Vascular plants dominate the Top 100 list, followed by arthropods and vertebrates. The majority of listed taxa are endemic to one archipelago or even to a single island. The management feasibility criteria did not dictate that all taxa must be eminently endangered, as for most of the species it should be relatively easy to control threats. The main advantages of this process are the independent participation of scientists and conservation managers, the inclusion of criteria on both protection priority and management feasibility and the taxonomically unbiased nature of the process. This study provides a potentially useful biodiversity conservation tool for the Macaronesian archipelagos that could be readily implemented by the respective regional governments in future legislation.

Martín, J.L., Cardoso, P., Arechavaleta, M., Borges, P.A.V, Faria, B.F., Abreu, C., Aguiar, A.F., Carvalho, J.A., Costa, A.C., Cunha, R.T., Gabriel, R., Jardim, R., Lobo, C., Martins, A.M.F., Oliveira, P., Rodrigues, P., Silva, L., Teixeira, D., Amorim, I.R., Fernandes, F., Homem, N., Martins, B., Martins, M. & Mendonça, E. (2010). Using taxonomically unbiased criteria to prioritize resource allocation for oceanic island species conservation. Biodiversity and Conservation, 19: 1659-1682

Ver mais em http://www.naturdata.com/index.php?option=com_content&view=article&id=169:top-100-especies-prioritarias-para-a-conservacao-na-macaronesia&catid=44:ultimas&Itemid=72

Link

As 100 espécies prioritárias em termos de conservação da Macaronésia - Publicado na revista Biodiversity and Conservation

Vencedores Concurso “Biodiversidade dos Açores Fotografias com Histórias”

Neste dia Internacional da Biodiversidade anunciamos os vencedores do Concurso “Biodiversidade dos Açores Fotografias com Histórias”

Link

Vencedores Concurso “Biodiversidade dos Açores Fotografias com Histórias”

Cenários para a Biodiversidade: Projecções para o Século XXI

Leadley, P., Pereira, H.M., Alkemade, R., Fernandez-Manjarrés, J.F., Proença, V., Scharlemann, J.P.W., Walpole, M.J. (2010) Biodiversity Scenarios: Projections of 21st century change in biodiversity and associated ecosystem services. Secretariat of the Convention on Biological Diversity, Montreal. Technical Series no. 50, 132 pages


Link

Cenários para a Biodiversidade: Projecções para o Século XXI

Novas aranhas descritas para Portugal

Pedro Cardoso e Luís Crespo membros do Grupo da Biodiversidade dos Açores publicaram recentemente um paper em que se descrevem seis novas espécies de aranhas para Portugal.

Bosmans, R., Cardoso, P. & Crespo, L.C. (2010) A review of the Linyphiid spiders of Portugal, with the description of six new species (Araneae: Linyphiidae). Zootaxa, 2473: 1–67.


Link

Novas aranhas descritas para Portugal

Novas imagens de Paulo Borges (12)

Mendonça, E. & Borges, P.A.V. (2010).
Preview of Images from Paulo A. V. Borges to be posted during May 2010.
Univ. Azores, Angra do Heroísmo

Link

Novas imagens de Paulo Borges (12)

O Portal da Biodiversidade dos Açores passa a ser um ponto focal do Projecto Europeu PESI (Pan-European Species directories Infrastructure)

Dr. Yde de Jong, coordenador do Projecto Europeu PESI convidou-nos para sermos um projecto associado, ou seja. um ponto focal. Desta forma iremos contribuir para a melhoria dos serviços ligados à Taxonomia e na construção de uma Base de Dados Europeia de Biodiversidade com grande rigor taxonómico.

ver http://www.eu-nomen.eu/pesi/

Link

O Portal da Biodiversidade dos Açores passa a ser um ponto focal do Projecto Europeu PESI (Pan-European Species directories Infrastructure)

Publicação da semana - Indicadores de diversidade em Artrópodes nos Açores

Gaspar, C., Gaston, K.J. & Borges, P.A.V. (2010). Arthropods as surrogates of diversity at different spatial scales. Biological Conservation, 143: 1287–1294

Link

Publicação da semana - Indicadores de diversidade em Artrópodes nos Açores

Imagens de insectos de Nuno Bicudo da Ponte

Mendonça, E. & Borges, P.A.V. (2010).
Preview of Images from Nuno Bicudo da Ponte to be posted during April 2010. Univ. Azores, Angra do Heroísmo

Link

Imagens de insectos de Nuno Bicudo da Ponte

Novas imagens de Pedro Cardoso (6)

Mendonça, E. & Borges, P.A.V. (2010).
Preview of Images from Pedro Cardoso to be posted during April 2010. Univ. Azores, Angra do Heroísmo

Link

Novas imagens de Pedro Cardoso (6)

Publicação da semana: Conservação das Plantas das Ilhas oceânicas

Numero especial sobre Ilhas Oceânicas na revista Perspectives in Plant Ecology, Evolution and Systematics (PPEES)
http://www.sciencedirect.com/science/journal/14338319

Conservation of oceanic island floras: Present and future global challenges
Pages 107-129
Juli Caujapé-Castells, Alan Tye, Daniel J. Crawford, Arnoldo Santos-Guerra, Ann Sakai, Katy Beaver, Wolfram Lobin, F.B. Vincent Florens, Mónica Moura, Roberto Jardim, Isildo Gómes, Christoph Kueffer


Link

Publicação da semana: Conservação das Plantas das Ilhas oceânicas

Ciclo de Palestras - Conhecer e proteger a natureza: 2010 Ano Internacional da Biodiversidade

O Grupo da Biodiversidade dos Açores do CITA-A está a organizar um Ciclo de confereências. 2010 é o Ano Internacional da Biodiversidade (http://www.countdown2010.net/year-biodiversity) e queremos comemorar a biodiversidade do Arquipélago dos Açores.

A próxima palestra é já no dia 23 e 24 de Abril (ver programa em anexo)

Entidades Financiadoras:
SRCTE – Secretaria Regional da Ciência, Tecnologia e Equipamentos da Região Autónoma dos Açores e Universidade dos Açores- Projecto DRCT- M.4.2.2 / I / 002 / 2010; “Os Montanheiros”; “Europe Direct”.

Link

Ciclo de Palestras - Conhecer e proteger a natureza: 2010 Ano Internacional da Biodiversidade

Imagens de detalhes para identificação de Aranhas dos Açores v. 9.0

Estamos a iniciar a elaboração de imagens detalhadas dos palpos e epigino das aranhas dos Açores para facilitar a sua identificação. Essas imagens serão colocadas associadas a cada espécie e também no Portal das Aranhas dos Açores:
http://www.jorgenlissner.dk/azoreanspiders.aspx

Ver 41 espécies com 79 imagens já disponíveis aqui.

Mendonça, E. & Borges, P.A.V. (2010). Images of Azorean Spiders with details for male and female identification v. 9.0. Univ. Azores, Angra do Heroísmo


Link

Imagens de detalhes para identificação de Aranhas dos Açores v. 9.0

Novas imagens de Paulo Borges (11)

Mendonça, E. & Borges, P.A.V. (2010).
Preview of Images from Paulo A. V. Borges to be posted during March 2010. Univ. Azores, Angra do Heroísmo

Link

Novas imagens de Paulo Borges (11)

Publicação da semana - "The Study of Species in the Era of Biodiversity: A Tale of Stupidity"

Research policies ensuing from the Convention on Biological Diversity made huge funds available to study biodiversity. These were mostly dedicated to projects aimed at providing services to taxonomy via information and technology, or to develop “modern”, i.e., molecular, approaches to taxonomy. Traditional taxonomy was overly neglected and is in serious distress all over the world. It is argued that both novel and traditional ways to study biodiversity are essential and that the demise of traditional taxonomy (based on phenotypes) in the era of biodiversity is the result of an unwise policy, mainly fostered by portions of the scientific community that aim at taking total advantage of the funds dedicated to the study of biodiversity.

Link

Publicação da semana - "The Study of Species in the Era of Biodiversity: A Tale of Stupidity"

Novo insecto invasor encontrado na ilha Terceira

Belonochilus numenius Say (Lygaeidae Orsillinae). é um percevejo californiano que começou a se espalhar no sul da Europa. Aqui na zona urbana de Angra do Heroísmo, vive em Cryptomeria japonica

Link

Novo insecto invasor encontrado na ilha Terceira

Novas imagens de Pedro Cardoso (5)

Mendonça, E. & Borges, P.A.V. (2010).
Preview of Images from Pedro Cardoso to be posted during March 2010. Univ. Azores, Angra do Heroísmo

Link

Novas imagens de Pedro Cardoso (5)

Publicação da semana - Investigação em Ecologia e negócio

Armsworth, P.R. et al. (2010). The ecological research needs of business. Journal of Applied Ecology, 47: 235-243.

Link

Publicação da semana - Investigação em Ecologia e negócio

Fotografia aérea das nove ilhas dos Açores

Serviço de ocorrências ambientais dos Açores

Link

Fotografia aérea das nove ilhas dos Açores

Novas imagens de Pedro Cardoso (4)

Mendonça, E. & Borges, P.A.V. (2010). Preview of Images from Pedro Cardoso to be posted during February 2010. Univ. Azores, Angra do Heroísmo

Link

Novas imagens de Pedro Cardoso (4)

Novas imagens de Paulo Borges (10)

Mendonça, E. & Borges, P.A.V. (2010). Preview of Images from Paulo A. V. Borges to be posted during February 2010. Univ. Azores, Angra do Heroísmo

Link

Novas imagens de Paulo Borges (10)

Será que as aranhas de Portugal são venenosas. Pedro Cardoso diz que é um Mito!

Cardoso, P. & Almeida, A.P.G. (2010). Envenenamento por aranhas em Portugal. Verdade ou Mito? Acta Médica Portuguesa, 23: 33-38

Link

Será que as aranhas de Portugal são venenosas. Pedro Cardoso diz que é um Mito!

Publicação da semana - caso de sucesso na erradicação de ratos nos Açores

Amaral, J., Almeida, S., Sequeira, M. & Neves, V. (2010). Black rat Rattus rattus eradication by trapping allows recovery of breeding roseate stern Sterna dougallii and common tern S.hirundo populations on Feno Islet, the Azores, Portugal. Conservation Evidence, 7, 16-20

Link

Base dados das Aranhas Saltadoras do Mundo

Veja o site das aranhas saltadoras do mundo coordenado por Dr. Heiko Metzner.
A Base de dados contem informações para 5277 espécies do mundo inteiro.
Um total de 1589 espécies estão ilustradas com:
1408 fotos, 6474 figuras e 47 videos

Web: www.jumping-spiders.com

Link

Base dados das Aranhas Saltadoras do Mundo

Novas Imagens de Plantas Vasculares de Hanno Schaefer

Mendonça, E. & Borges, P.A.V. (2010).
Preview of Images from Hanno Schaefer to be posted during February 2010.
Univ. Azores, Angra do Heroísmo.


Link

Novas Imagens de Plantas Vasculares de Hanno Schaefer

Identificação das Aves do Paul da Pedreira do Cabo da Praia (Terceira) por Carlos Leal

Leal, C. (2010). Caderno de identificação de aves - Paul da Pedreira do Cabo da Praia. Universidade dos Açores.

Link

Identificação das Aves do Paul da Praia da Vitória (Terceira) por Carlos Leal

Leal, C. (2010). Caderno de identificação de aves - Paul da Praia da Vitória. Universidade dos Açores.

Link

O estudo dos Serviços dos Ecossistemas da Zona de Protecção Especial Pico da Vara/ Ribeira do Guilherme está públicado

Socio-economic Benefits of Natura 2000 – a Case Study on the ecosystem service provided by Pico Da Vara / Ribeira Do Guilherme

Link

O estudo dos Serviços dos Ecossistemas da Zona de Protecção Especial Pico da Vara/ Ribeira do Guilherme está públicado

Simpósio Internacional FloraMac2010

A reunião terá lugar de 23-25 Setembro 2010, em Ponta Delgada, ilha de São Miguel, Açores, Portugal. Esta terá lugar no Departamento de Biologia da Universidade dos Açores. Veja detalhes no link abaixo

Link

Simpósio Internacional FloraMac2010

Pedro Cardoso publica Protocolo para padronização da amostragem das Aranhas

Dada a sua riqueza e abundância em todos os habitats, um dos maiores desafios em conservação e biogeografia de artrópodes é obter dados simultaneamente detalhados e comparáveis da sua distribuição. A única solução é usar protocolos de amostragem exaustivos e padrinizados, suficientes para fornecer uma imagem rigorosa dos locais amostrados. No entanto, a optimização de recursos é primordial mas nunca foi tentada. Pela primeira vez foi agora proposta uma metodologia que permite definir protocolos optimizados e standardizados. Esta metodologia foi testada com aranhas em Portugal e está neste momento a ser implementada por todo o país, incluindo nas nossas ilhas.

Ver mais em: Cardoso, P. (2009). Standardization and optimization of arthropod inventories – the case of Iberian spiders. Biodiversity and Conservation. 18: 3949-3962


Link

Pedro Cardoso publica Protocolo para padronização da amostragem das Aranhas

Novas imagens de aves de Pedro Cardoso

Mendonça, E. & Borges, P.A.V. (2010).
Preview of Images from Pedro Cardoso to be posted during January 2010.
Univ. Azores, Angra do Heroísmo

Link

Novas imagens de aves de Pedro Cardoso

TOP 10 - As publicações mais acedidas em 2009

Ver nas Publicações uma nova secção com a lista das 10 publicações mais vistas em 2009.

TOP 10 - As publicações mais acedidas em 2009

Relatório actividades do Grupo Biodiversidade dos Açores (2008-2009)

O Grupo da Biodiversidade dos Açores (GBA) é um dos quatro grupos de investigação do CITA-A (“Centro de Investigação em Tecnologias Agrárias dos Açores”). Este centro está inserido na Universidade dos Açores sendo reconhecido pela Fundação da Ciência e Tecnologia (FCT) e Direcção Regional da Ciência e Tecnologia (DRCT). Aqui apresenta-se a lista de projectos e publicações no período 2008-2009.

Mais detalhes em http://cita.angra.uac.pt/biodiversidade/

Link

Relatório actividades do Grupo Biodiversidade dos Açores (2008-2009)

Frontiers of Biogeography — the scientific magazine of the International Biogeography Society Vol 1(2)

O segundo volume da revista "Frontiers of Biogeography" (International Biogeography Society - December 2009) está agora disponível em
http://www.biogeography.org/html/fb/FBv1i2/FBv1i2_All.pdf


Link

Frontiers of Biogeography — the scientific magazine of the International Biogeography Society Vol 1(2)

Os Briófitos da Laurissilva das Canárias

Paino, J., Gonzalez-Mancebo, J.J., Fernadez, A., Pena, M. A. & Leal, J. (2009). Briófitos en bosques de niebla delas islas Canarias. El Indiferente, 20: 23-35.

Link

Os Briófitos da Laurissilva das Canárias

GBIF - Base de Dados Digital Online da Biodiversidade Mundial

The GBIF consists of 50 member countries and 40 member international organisations. 52 of these have published datasets via GBIF and, as of July 2009, more than 177 million primary biodiversity records covering more than a million species have been published. However, the records are mainly from North America and Europe with 42 per cent coming from USA, 15 per cent from Sweden and 13 per cent from the UK. Although Africa, Asia and Oceania (lands in the Pacific Ocean) have high levels of biodiversity, they are severely under-represented, contributing only 1.2 per cent, 1.6 per cent and 2.8 per cent respectively of the total GBIF records.
There are a number of obstacles to providing the missing data. Collecting data and digitally converting it for the internet needs funding and expertise. In addition, many researchers are reluctant to share information due to concerns over intellectual property rights and improper use of data. The researchers suggest that relevant policies and funding could help overcome these barriers, for example, by requiring researchers to make data freely available.

See http://ec.europa.eu/environment/nature_biodiversity/index_en.htm
See also: www.gbif.org
Source: Gilman, E., King, N., Peterson, T., Chavan, V., Hahn, A. In Press. (2009). Building the Biodiversity Data Commons - The Global Biodiversity Information Facility. In: ed. Maurer, L. ICT for Agriculture and Biodiversity Conservation. ICT Ensure, Graz University of Technology, Graz, Austria. (2009). 79-102.

Contact: ericlgilman@gmail.com

Link

GBIF - Base de Dados Digital Online da Biodiversidade Mundial

Imagens novas de Paulo Borges (9)

Borges, P.A.V. (2009). Preview of Images from
Paulo A. V. Borges to be posted during December 2009 – part 2.
Univ. Azores, Angra do Heroísmo

Link

Imagens novas de Paulo Borges (9)

Publicação da Semana - Robert May - Ecological science and tomorrow s world

May, R.M. (2009). Ecological science and tomorrow s world. Phil. Trans. R. Soc. B, 365: 41-47.

Link

Publicação da Semana - Robert May - Ecological science and tomorrow s world

NATURDATA -Biodiversidade de Portugal Online

O Naturdata é o portal de Biodiversidade de Portugal.
Aqui poderá encontrar informação sobre as espécies de Portugal, pedir informações ou solicitar serviços. Aceda ao site através do Link abaixo.

Link

NATURDATA -Biodiversidade de Portugal Online

Boletim informativo do Projecto NET-BIOME

Verifique aqui o primeiro numero da Newsletter da NET_BIOME, no qual existe um artigo sobre o Grupo da Biiodiversidade dos Açores. O Projecto é igualmente descrito assim como vários aspectos sobre a Biodiversidade das ilhas Reunião, Açores e Polinésia Francesa


Link

Boletim informativo do Projecto NET-BIOME

Novo Portal do "Grupo da Biodiversidade dos Açores - (CITA-A)

Esta já Online o novo site do "Grupo da Biodiversidade dos Açores (CITA-A).
http://cita.angra.uac.pt/biodiversidade/


Link

Novo Portal do "Grupo da Biodiversidade dos Açores - (CITA-A)

Imagens novas de Paulo Henrique Silva

Borges, P.A.V. (2009). Preview of Images from
Paulo Henrique Silva to be posted during December 2009. Univ. Azores, Angra do Heroísmo

Link

Imagens novas de Paulo Henrique Silva

Publicação Borges & Hortal (2009) no Journal of Biogeography agora de livre acesso

Borges, P.A.V. & Hortal, J. (2009). Time, area and isolation: Factors driving the diversification of Azorean arthropods. Journal of Biogeography 36: 178-191.

Link

Publicação Borges & Hortal (2009) no Journal of Biogeography agora de livre acesso

Imagens novas de Paulo Borges (8)

Borges, P.A.V. (2009). Preview of Images from Paulo A. V. Borges to be posted during December 2009. Univ. Azores, Angra do Heroísmo

Link

Imagens novas de Paulo Borges (8)

Centro Regional de Peritos em Desenvolvimento Sustentável nos Açores Aprovado (Nações Unidas)

É com muita satisfação que informamos de que a proposta submetida pela Doutora Alison L. Neilson, Prof. Rosalina Gabriel e Prof. Ana Arroz (Grupo da Biodiversidade dos Açores) ao Comité Ubuntu (Nações Unidas) para a criação de um Centro Regional de Peritos em Desenvolvimento Sustentável nos Açores (RCE ATLANTIS) foi aprovada, tornando-se o terceiro centro regional português a merecer esta distinção.

Link

Livro do Grupo da Biodiversidade dos Açores Celebrando a Menção Honrosa no Prémio BES-Biodiversidade 2008

Vai ser lançado no dia 7 de Dezembro de 2009 na Universidade dos Açores (Terceira). Aceda aqui ao PDF.

Borges P.A.V. & Gabriel, R.G. (2009). Predicting extinctions on oceanic islands: arthropods and bryophytes. Universidade dos Açores.

Este livro nasce de um projecto com o mesmo nome que recebeu uma "Menção Honrosa" no Concurso BES - Biodiversidade em 2008. O projecto surgiu em 1998 com o objectivo de fazer, pela primeira vez em ilhas, uma amostragem consistente para os artrópodes. Mais tarde alargou-se este estudo também aos musgos. Este conhecimento da biodiversidade terrestre – assente numa base científica rigorosa –permitiu listar a diversidade de espécies nos Açores, identificar as que estão em maior risco de extinção, bem como as áreas que devem ser protegidas. A equipa publicou diversos estudos que demonstram cientificamente a importância de zonas que não eram consideradas pelos políticos, e que posteriormente o Governo Regional dos Açores incluiu na rede regional de áreas protegidas. O projecto envolveu, pela primeira vez em estudos ecológicos em ilhas, a observação simultânea do solo e copa das árvores. A floresta estudada foi a "Laurissilva", a floresta originária dos Açores. Muitas espécies novas para a ciência foram descobertas. Do trabalho desenvolvido neste últimos anos resultou uma base de dados georeferenciada, o Portal da Biodiversidade dos Açores (www.azoresbioportal.angra.uac.pt/).

Link

Livro do Grupo da Biodiversidade dos Açores Celebrando a Menção Honrosa no Prémio BES-Biodiversidade 2008

Relatório sobre o estado da infestação de térmitas em Angra do Heroísmo 2009

Ver aqui o sumário executivo de:

Guerreiro, O., Borges, A. & Borges, P.A.V. (2009). A térmita de madeira seca Cryptotermes brevis (Walker) na cidade de Angra do Heroísmo: monitorização e controle dos voos de dispersão e prevenção da colonização. Departamento de Ciências Agrárias, Universidade dos Açores, Angra do Heroísmo. 30 pp


Link

Relatório sobre o estado da infestação de térmitas em Angra do Heroísmo 2009

Publicação da semana: critérios da IUCN são dificeis de aplicar em ilhas

Martín, J.L. (2009). Are the IUCN standard home-range thresholds for species a good indicator to prioritise conservation urgency in small islands? A case study in the Canary Islands (Spain). Journal of Nature Conservation, 17: 87-98.

Link

Publicação da semana: critérios da IUCN são dificeis de aplicar em ilhas

Novo livro sobre a conservação da Flora Vascular dos Açores

Silva, L., M. Martins, G. Maciel & M. Moura (2009). Flora Vascular dos Açores. Prioridades em Conservação. Azorean Vascular Flora. Priorities in Conservation

Link

Novo livro sobre a conservação da Flora Vascular dos Açores

Publicação da semana: Partenogénese na libelinha Ischnura hastata

Lorenzo-Carballa, M. O., Beatty, C. D., Utzeri, C., Vieira, V. & Cordero-Rivera, A. (2009). Parthenogenetic Ischnura hastata revisited: present status and notes on population ecology and behaviour (Odonata: Coenagrionidae). International Journal of Odonatology, 12(2): 395-411.

Link

Publicação da semana: Partenogénese na libelinha Ischnura hastata

Imagens novas de Paulo Borges (7)

Borges, P.A.V. (2009). Preview of Images from
Paulo A. V. Borges to be posted during November 2009. Univ. Azores, Angra do Heroísmo

Link

Imagens novas de Paulo Borges (7)

Mapas de riqueza de espécies endémicas. 8. Briófitos

Mendonça, E. & Borges, P.A.V. (2009). Distribution of the endemic Bryophytes from the Azores. Univ. Azores, Angra do Heroísmo

Link

Mapas de riqueza de espécies endémicas. 8. Briófitos

Imagens novas de Pedro Cardoso - Artrópodes

Mendonça, E. & Borges, P.A.V. (2009). Preview of Images from Pedro Cardoso to be posted during November 2009. Univ. Azores, Angra do Heroísmo

Link

Imagens novas de Pedro Cardoso - Artrópodes

Nova espécie de Térmita subterrânea encontrada na ilha Terceira (Praia da Vitória)

A pedido de um proprietário, a equipa de controlo e monitorização das Térmitas do Grupo Biodiversidade dos Açores (CITA-A) realizou uma visita à zona de Santa Rita no antigo Bairro Americano (ilha Terceira). Durante a inspecção realizada a duas habitações foram detectados indícios de presença de uma espécie de térmita subterrânea. Uma avaliação mais detalhada das madeiras depositadas nos terrenos à volta das habitações permitiu a descoberta de uma população abundante do género Reticulitermes, mesmo género da espécie existente na Ilha do Faial (Reticulitermes grassei). Trata-se da espécie Reticulitermes flavipes, uma espécies que provoca grandes estragos na costa leste dos Estados Unidos da América. As térmitas subterrâneas vivem no solo e podem ter populações que atingem os milhões de indivíduos. Para controlar a situação são necessárias duas medidas urgentes: i) a realização de um estudo pormenorizado para determinar a área afectada pela espécie, seguido de uma monitorização cuidada. Depois de delimitada a área de infestação devem ser aplicadas diferentes estratégias de combate de forma integrada. Uma componente chave deste processo implica a utilização de controle de colónias usando iscos e o método “Trap-Treat-Release”; ii) a gestão das madeiras dos quintais, em será fundamental a remoção das madeiras deixadas no exterior das casas que são basicamente alimento para as térmitas e que consequentemente são uma ajuda para a sua proliferação.

VER RELATÓRIO DETALHADO EM ANEXO

Link

Nova espécie de Térmita subterrânea encontrada na ilha Terceira (Praia da Vitória)

Publicação da semana - a riqueza das espécies das ilhas aumenta com a diversidade de habitats

Hortal, J., Triantis, K.A., Meiri, S., Thébault, E. and Sfenthourakis, S. (2009). Island species richness increases with habitat diversity. American Naturalist, 174: E205-E217

Link

Publicação da semana - a riqueza das espécies das ilhas aumenta com a diversidade de habitats

Publicação da semana - A aranha mais pequena do Mundo descoberta em Portugal

Anapistula ataecina sp. n. é uma das mais pequenas aranhas descritas até à data. A espécie é quase exclusivamente conhecido da Gruta do Frade em Portugal que em parte está ameaçada por pedreiras.


Cardoso, P. & Scharff, N. (2009). First record of the spider family Symphytognathidae in Europe and description of Anapistula ataecina sp. n. (Araneae). Zootaxa, 2246: 45-57

Link

Publicação da semana - A aranha mais pequena do Mundo descoberta em Portugal

Mapas de riqueza de espécies invasoras. 1 Plantas Vasculares

Mendonça, E. & Borges, P. A. V. (2009). Distribution of the Exotic invasive Vascular plants from the Azores (Top 100 Invasive Species of Macaronesia). Univ. Azores, Angra do Heroísmo

Link

Mapas de riqueza de espécies invasoras. 1 Plantas Vasculares

Livro Importante - The Theory of Island Biogeography Revisited.

Ver aqui capitulo disponível de Edward O Wilson:

Wilson E.O. (2009). Island Biogeography in the 1960s - Theory and Experinent. In: Ricklefs, R.E. & Losos, J.B (eds.), The Theory of Island Biogeography Revisited. pp. 1-12. Princeton University Press
http://press.princeton.edu/titles/9096.html

Link

Livro Importante - The Theory of Island Biogeography Revisited.

Publicação da semana - Propagação de planta endémica Açores

Moura, M., Candeias, M.I. & Silva, L. (2009). In Vitro Propagation of Viburnum treleasei Gand., an Azorean Endemic with High Ornamental Interest.
Hortoscience 44(6):1668–1671.

Link

Publicação da semana - Propagação de planta endémica Açores

Imagens novas de Paulo Borges (6)

Borges, P.A.V. (2009). Preview of Images from Paulo Borges to be Posted during October 2009 – Part 2. Univ. Azores, Angra do Heroísmo

Link

Imagens novas de Paulo Borges (6)

Publicação da semana - Impacto uso solo na diversidade artrópodes da Ilha Terceira

Cardoso, P., Lobo, J.M., Calvo, S., Dinis, F., Gaspar, C. & Borges, P.A.V. (2009). A spatial scale assessment of habitat effects on arthropod communities of an oceanic island. Acta Oecologica, 35: 590-597

Link

Publicação da semana - Impacto uso solo na diversidade artrópodes da Ilha Terceira

Publicação da semana - Impacto da subamostragem na beta diversidade

Cardoso, P., Borges, P.A.V. & Veech, J.A. (2009). The robustness to undersampling for beta diversity measures based on presence-absence data. Diversity and Distributions, 15: 1081-1090

Link

Publicação da semana - Impacto da subamostragem na beta diversidade

Livro - Açores um Retrato Natural - Apresentação de Virgilio Vieira

Decorreu recentemente nas ilhas de S Miguel e Terceira a apresentação oficial do Livro

Cardoso, P.; Gaspar, C.; Borges, P.A.V.; Gabriel, R.; Amorim, I.R.; Martins, A.F.; Maduro-Dias, F.; Porteiro, J.M.; Silva, L. & Pereira, F. (2009). Açores - um retrato natural. Veraçor, Ponta Delgada, 240 pp.
Para comprar Online ver http://www.veracor.pt/

Link

Livro - Açores um Retrato Natural - Apresentação de Virgilio Vieira

Publicação da semana - Modelos de distribuição de espécies -Açores

Jiménez-Valverde, A., Diniz, F., Azevedo, E.B. & Borges, P.A.V. (2009). Species distribution models do not account for abundance: the case of arthropods in Terceira Island. Annales Zoologici Fennici, 46: 451-464

Link

Publicação da semana - Modelos de distribuição de espécies -Açores

Imagens novas de Paulo Henrique Silva

Mendonça, E. & Borges, P. A. V. (2009). Preview of Images from Paulo Henrique Silva to be posted during October 2009. Univ. Azores, Angra do Heroísmo

Link

Imagens novas de Paulo Henrique Silva

Novo Site ANGROSFERA - Biodiversidade de Angra Heroismo- Terceira - Açores

Biodiversidade do Concelho de Angra do Heroísmo (Terceira - Açores) em Imagens e Video

Link

Novo Site ANGROSFERA - Biodiversidade de Angra Heroismo- Terceira - Açores

Imagens novas de Pedro Cardoso - Plantas Vasculares

Mendonça, E. & Borges, P.A.V. (2009). Preview of Images from Pedro Cardoso to be posted during October 2009. Univ. Azores, Angra do Heroísmo

Link

Imagens novas de Pedro Cardoso - Plantas Vasculares

Publicação do GBA no BES Virtual Issue for Methods in Ecology and Evolution

A publicação
Hortal, J., Borges, P.A.V. & Gaspar, C. (2006). Evaluating the performance of species richness estimators: Sensitivity to sample grain size. Journal of Animal Ecology, 75: 274-287.

Foi escolhida para o primeiro volume do BES Virtual Issue for Methods in Ecology and Evolution
http://www.methodsinecologyandevolution.org/view/0/virtualIssues.html

Ver todos os artigos seleccionados na nova secção das Publicações.

Link

Publicação do GBA no BES Virtual Issue for Methods in Ecology and Evolution

Publicação da semana - Moluscos Marinhos litorais de Vila Franca - Açores

Martins, A. M. de Frias, Borges, J.P., Ávila, S. P., Costa, A.C., Madeira, P. & Morton, B. (2009). Illustrated checklist of the infralittoral molluscs of Vila Franca do Campo. Açoreana (Suppl. 6): 15-103.

Link

Publicação da semana - Moluscos Marinhos litorais de Vila Franca - Açores

Imagens novas de Paulo Borges (5)

Borges, P.A.V. (2009). Preview of Images from Paulo Borges to be Posted during October 2009 . Univ. Azores, Angra do Heroísmo

Link

Imagens novas de Paulo Borges (5)

Livro "Açores - Um Retrato Natural"

Cardoso, P.; Gaspar, C.; Borges, P.A.V.; Gabriel, R.; Amorim, I.R.; Martins, A.F.; Maduro-Dias, F.; Porteiro, J.M.; Silva, L. & Pereira, F. (2009). Açores - um retrato natural. Veraçor, Ponta Delgada, 240 pp.
Para comprar Online ver http://www.veracor.pt/

Link

Livro "Açores - Um Retrato Natural"

Frontiers of Biogeography — the scientific magazine of the International Biogeography Society

O primeiro volume da revista "Frontiers of Biogeography" (International Biogeography Society - September 2009) está agora disponível em http://www.biogeography.org/html/fb/FBv1i1.html

Link

Frontiers of Biogeography — the scientific magazine of the International Biogeography Society

Vamos disponibilizar PDFs de artigos históricos sobre a biodiversidade dos Açores

Vamos disponibilizar PDFs de artigos históricos sobre a biodiversidade dos Açores. Ver publicações.
Exemplo:

Méquignon, A. (1935). Voyage de MM. L. Chopard et A. Méquignon aux Açores (Août-Septembre 1930). VIII - Coléoptères américains acclimatés aux Açores. Bulletin de la Société Entomologique de France, 40: 203-204.

Link

Vamos disponibilizar PDFs de artigos históricos sobre a biodiversidade dos Açores

Mapas de Riqueza de exóticos. 1: Artrópodes

Mendonça, E. & Borges, P. A. V. (2009). Distribution of the Exotic Arthropods from the Azores. Univ. Azores, Angra do Heroísmo

Link

Mapas de Riqueza de exóticos. 1: Artrópodes

The wicked problem of Biodiversity

Martin Sharman
"The wicked problem of biodiversity"
Perspectivas sobre biodiversidade e sustentabilidade.

Link

The wicked problem of Biodiversity

Publicação da semana - Preparação de um manuscrito para publicação

Harvey, J.A. (2009). Preparing a paper for publication: an action plan for rapid composition and completation. — Ann. Zool. Fennici 46: 158–164

Link

Publicação da semana - Preparação de um manuscrito para publicação

Grupo da Biodiversidade dos Açores - Projectos e publicações 2008-2009

O Grupo da Biodiversidade dos Açores (CITA-A; Univ Açores) apresenta a sua produção científica nos anos 2008-2009.

Link

Grupo da Biodiversidade dos Açores - Projectos e publicações 2008-2009

Publicação da semana - Conceito de Macaronésia

Vanderpoorten, A. et al. (2007). Does Macaronesia exist? Conflicting signal in the bryophyte and pretidophyte floras. American Journal of Botany, 94: 625-639.

Link

Publicação da semana - Conceito de Macaronésia

Paper da semana - Capitulo livro dos Açores na Enciclopédia das Ilhas

Borges, P.A.V., Amorim, I.R., Cunha, R., Gabriel, R., Martins, A. F., Silva, L., Costa, A. & Vieira, V. (2009). Azores – Biology. In: R. Gillespie & D. Clagu (Eds.), Encyclopedia of Islands, pp 70-75. University of California Press, California.

© 2009 by The University of California Press, California.

Link

Paper da semana - Capitulo livro dos Açores na Enciclopédia das Ilhas

Aplicação para um "Regional Centre of Expertise (RCE) for Education for Sustainable Development"

A Universidade dos Açores em Angra do Heroísmo (Grupo da Biodiversidade dos Açores - CITA-A) em colaboração com outras organizações que trabalham em temáticas de Educação e Sustentabilidade, submeteu uma aplicação às Nações Unidas para ser reconhecida como um "Regional Centre of Expertise (RCE) for Education for Sustainable Development"

Link

Aplicação para um "Regional Centre of Expertise (RCE) for Education for Sustainable Development"

Imagens novas de Artrópodes de Paulo Borges (4)

Borges, P.A.V. (2009). Preview of Images from Paulo Borges to be Posted during July 2009 . Univ. Azores, Angra do Heroísmo

Link

Imagens novas de Artrópodes de Paulo Borges (4)

Publicação da semana - Novas espécies de coleópteros para os Açores

Machado, A. (2009) El género Drouetius Méquignon, 1942 Stat.Prom. de las islas Azores (Coleoptera, Curculionidae, Entimidae). Graellsia, 65: 19-46.

Link

Publicação da semana - Novas espécies de coleópteros para os Açores

Mapas de riqueza de espécies endémicas. 7. Plantas Vasculares

Mendonça, E., Silva, L. & Borges, P.A.V. (2009). Distribution of the endemic vascular plants from the Azores. Univ. Azores, Angra do Heroísmo

Link

Mapas de riqueza de espécies endémicas. 7. Plantas Vasculares

Imagens de Artrópodes em detalhe de Enésima Mendonça - Sincroscopy

Mendonça, E. & Borges, P.A.V. (2009). Images of Arthropods from Azores using the Sincroscopy System. Univ. Azores, Angra do Heroísmo

Link

Imagens de Artrópodes em detalhe de Enésima Mendonça - Sincroscopy

Publicação da semana - raridade de insectos e aranhas dos Açores

Borges, P.A.V., Ugland, K.I, Dinis, F.O. & Gaspar, C. (2008). Insect and spider rarity in an oceanic island (Terceira, Azores): true rare and pseudo-rare species. IN: S. Fattorini (Ed.). Insect Ecology and Conservation. pp. 47-70. Research Signpost.

Link

Publicação da semana - raridade de insectos e aranhas dos Açores

Imagens de Pedro Cardoso disponíveis no Portal

Borges, P.A.V. (2009). Images from Pedro Cardoso currently available in the Portal. Univ. Azores, Angra do Heroísmo.

http://www.ennor.org

http://naturgrafia.blogspot.com

Link

Imagens de Pedro Cardoso disponíveis no Portal

HOME O Mundo é a nossa casa - O planeta em crise

Neste extraordinário documentário veja o estado do nosso planeta.

Palavras chave: Sustentabilidade; ambiente; Mudanças Climáticas; crescimento da população humana; biodiversidade; YouTube; Yan Arthus-Bertrand.

Link

HOME O Mundo é a nossa casa - O planeta em crise

Expedição entomológica a Santa Maria (Maio 2009)

Borges, P.A.V. (2009). Entomological expedition to Santa Maria (Azores) - May 2009 . Univ. Azores, Angra do Heroísmo

Link

Expedição entomológica a Santa Maria (Maio 2009)

Imagens novas de Paulo Borges (3)

Borges, P.A.V. (2009). Preview of Images from Paulo Borges to be Posted during May 2009 . Univ. Azores, Angra do Heroísmo

Link

Imagens novas de Paulo Borges (3)

Mapas de riqueza de espécies endémicas. 6. Hemiptera

Mendonça, E. & Borges, P.A.V. (2009). Distribution of the endemic Hemiptera from the Azores. Univ. Azores, Angra do Heroísmo

Link

Mapas de riqueza de espécies endémicas. 6. Hemiptera

Publicação da semana - evolução de moluscos dos Açores

Jordaens et al. (2009). Speciation on the Azores islands: congruent patterns in shell morphology, genital anatomy, and molecular markers in endemic land snails (Gastropoda, Leptaxinae). Biological Journal of the Linnean Society, 2009, 97, 166–176.

Link

Publicação da semana - evolução de moluscos dos Açores

Imagens novas de Paulo Borges (2)

Borges, P.A.V. (2009). Preview of Images of Insects and Spiders from Paulo Borges to be Posted during May 2009 . Univ. Azores, Angra do Heroísmo

Link

Imagens novas de Paulo Borges (2)

Publicação da semana - Projecto BALA Açores - PDF livre

Gaspar, C., Borges, P.A.V..& Gaston, K.J. (2008). Diversity and distribution of arthropods in native forests of the Azores archipelago. Arquipélago. Life and marine Sciences, 25: 1-30

Link

Publicação da semana - Projecto BALA Açores - PDF livre

Imagens novas de insectos e aranhas de Paulo Borges (1)

Paulo Borges (Coordenador do Portal da Biodiversidade dos Açores) inicia aqui a divulgação das suas imagens a disponibilizar em breve neste portal.

Link

Imagens novas de insectos e aranhas de Paulo Borges (1)

Publicação da semana - impacto das plantas invasoras na biomassa de insectos nos Açores

Heleno, R. et al. (2009). Effects of Alien Plants on Insect Abundance and Biomass: a Food-Web Approach. Conservation Biology, 23: 410-419

Link

Publicação da semana - impacto das plantas invasoras na biomassa de insectos nos Açores

Mapas de riqueza de espécies endémicas. 5. Lepidoptera

Mendonça, E. & Borges, P.A.V. (2009). Distribution of the endemic lepidoptera from the Azores. Univ. Azores, Angra do Heroísmo

Link

Mapas de riqueza de espécies endémicas. 5. Lepidoptera

Imagens novas de Collembola de José Marcelino

José Marcelino um Post-Doc do CIRN - Dep. de Biologia da Universidade dos Açores enviou-nos imagens dos diminutos Collembola.

Link

Imagens novas de Collembola de José Marcelino

Imagens novas de Hanno Schaefer (Plantas Vasculares)

Hanno Schaefer enviou-nos recentemente cerca de 222 novas imagens de Plantas Vasculares. Veja aqui algumas dessas imagens a disponibilizar em breve e visite a sua distribuição nos Açores na Base de Dados

Link

Imagens novas de Hanno Schaefer (Plantas Vasculares)

TOP 100 Flora e Fauna Terrestre Invasora na Macaronésia

Aceda aqui às Fichas e para ter acesso a todos os capitulos visite as Publicações - TOP100 Invasores.

Silva L, E Ojeda Land & JL Rodríguez Luengo (eds.) (2008) Flora y Fauna Terrestre Invasora en la Macaronesia. TOP 100 en Azores, Madeira y Canarias. ARENA, Ponta Delgada, 546 pp.

Para ter uma cópia do livro contacte com Luis Silva.

Link

TOP 100 Flora e Fauna Terrestre Invasora na Macaronésia

Publicações Cientificas Livres em ScientificCommons.org

A partir de http://en.scientificcommons.org/ podem pesquisar documentos científicos (teses, artigos) e obtê-los gratuitamente

Link

Mapas de riqueza de espécies endémicas. 4. Coleoptera

Mendonça, E. & Borges, P.A.V. (2009). Distribution of the endemic beetles from the Azores. Univ. Azores, Angra do Heroísmo

Link

Mapas de riqueza de espécies endémicas. 4. Coleoptera

Imagens de briófitos endémicos dos Açores

Gabriel, R., Borges, P.A.V., Cardoso, P., Frahm, J-P., Homem, N. & Mendonça, E. (2009). Images of Azorean endemic Bryophytes. Univ. Azores, Angra do Heroísmo.


Link

Imagens de briófitos endémicos dos Açores

Estratégias da IUCN para combater as mudanças climáticas e a perca de biodiversidade

PLANO DE ACÇÃO 2009-2011 IUCN - A UE e as suas regiões ultraperiféricas: estratégias para combater as alterações climáticas e a perda de biodiversidade

Ver mais em http://www.iucn.org/euoverseas

Link

Estratégias da IUCN para combater as mudanças climáticas e a perca de biodiversidade

Folhas divulgativas de pragas e auxiliares das fruteiras dos Açores

Esta publicação resultou do Projecto INTREFRUTA (http://www.interfruta.angra.uac.pt/)

Lopes, D.H., Cabrera Perze, R., Borges, P.A.V., Aguin-Pombo, D., Pereira, A.M.N., Mumford, J.D. & Mexia, A.M.M. (Eds.) (2009). Folhas Divulgativas. Universidade dos Açores, Angra do Heroísmo.


Link

Folhas divulgativas de pragas e auxiliares das fruteiras dos Açores

Imagens novas de Valter Jacinto (www.olhares.com/Valter)

Valter Jacinto colaborador do site Olhares (www.olhares.com/Valter) enviou imagens e elevada qualidade para o Portal da Biodiversidade dos Açores.

Link

Imagens novas de Valter Jacinto (www.olhares.com/Valter)

Imagens novas de Alberto Maia (www.olhares.com/AMAIA)

Alberto Maia colaborador do site Olhares (www.olhares.com/AMAIA) enviou imagens e elevada qualidade para o Portal da Biodiversidade dos Açores.

Link

Imagens novas de Alberto Maia (www.olhares.com/AMAIA)

Imagens novas do Projecto "Galerie Insecte" -Orthoptera

Mendonça, E. & Borges, P.A.V. (2009). A preview of images of orthoptera from Galerie de Insectes to be posted during April 2009. Univ. Azores, Angra do Heroísmo.


Link

Imagens novas do Projecto  "Galerie Insecte" -Orthoptera

Mapas de riqueza de espécies nos Açores. 3. Aranhas endémicas

Mendonça, E. & Borges, P.A.V. (2009). Distribution of the Endemic Spiders from the Azores. Univ. Azores, Angra do Heroísmo.

Link

Mapas de riqueza de espécies nos Açores. 3. Aranhas endémicas

Imagens novas de Filipe Caetano (www.olhares.com/firelord)

Filipe Caetano colaborador do site Olhares (www.olhares.com/firelord) enviou imagens e elevada qualidade para o Portal da Biodiversidade dos Açores.

Link

Imagens novas de Filipe Caetano (www.olhares.com/firelord)

Novo Recurso: Mapas de riqueza de espécies nos Açores. 2. Moluscos endémicos

Mendonça, E., Frias Martins, A. & Borges, P.A.V. (2009). Distribution of the Endemic Molluscs from the Azores. Univ. Azores, Angra do Heroísmo

Link

Novo Recurso: Mapas de riqueza de espécies nos Açores. 2. Moluscos endémicos

Lançamento de Livro sobre as Atitudes Ambientais nos Açores e Castelo Branco

Vai ser lançado em breve o livro

Silva, E. & Gabriel, R. (2009, “2007”). As atitudes face ao ambiente em regiões periféricas. Fundação para a Ciência e Tecnologia & Universidade dos Açores, Angra do Heroísmo. 214 pp

Link

Lançamento de Livro sobre as Atitudes Ambientais nos Açores e Castelo Branco

Imagens novas de Jorge Lissner (Aranhas dos Açores)

Foi lançado recentemente uma página web que pretende ilustrar a diversidade das aranhas dos Açores em imagens (ver: http://www.jorgenlissner.dk/azoreanspiders.aspx). Trata-se de uma iniciativa liderada por Jørgen Lissner e com a colaboração de Paulo Borges (Universidade dos Açores – DCA, CITA-A). Um total de 124 novas imagens vão ser em breve partilhadas com o Portal da Biodiversidade dos Açores. Veja aqui algumas delas

Link

Imagens novas de Jorge Lissner (Aranhas dos Açores)

Novo Recurso: Mapas de riqueza de espécies nos Açores. 1. Vertebrados endémicos

Mendonça, E., Rodrigues, P., Cunha, R. & Borges, P.A.V. (2009). Distribution of the Endemic Vertebrates from the Azores. Univ. Azores, Angra do Heroísmo

Link

Novo Recurso: Mapas de riqueza de espécies nos Açores. 1. Vertebrados endémicos

Imagens dos vertebrados endémicos dos Açores

Sabino, V., Rodrigues, P., Cunha, R. & Borges, P.A.V. (2009). Preview of images of endemic Vertebrates from the Azores. Univ. Azores, Angra do Heroísmo.

Link

Imagens dos vertebrados endémicos dos Açores

Perigos da gestão de espécies invasoras para ecossistemas insulares

Chamamos a atenão para as conclusões da publicação que se anexa:

"Our results highlight an important lesson for conservation agencies working to eradicate invasive species globally; that is, risk assessment of management interventions must explicitly consider and plan for their indirect effects, or face substantial subsequent costs. On Macquarie Island, the cost of further conservation action will exceed AU$24 million"

Link

Artigo científico da semana (Free PDF Online)

Gaston, K.J. & Fuller, R.A. (2009). The sizes of species geographic ranges. Journal of Applied Ecology, 46: 1-9.

Link

TOP 100 espécies ameaçadas da Macaronésia (Textos em Espanhol - Parte 2)

Martín, J.L, Arechavaleta, M., Borges, P.A.V. & Faria, B. (eds.) (2008) TOP 100 - As cem espécies ameaçadas prioritárias em termos de gestão na região europeia biogeográfica da Macaronésia. Consejería de Medio Ambiente y Ordenación Territorial, Gobierno de Canarias, 500 pp. TEXTOS ESPANHOL - PARTE 2


Link

TOP 100 espécies ameaçadas da Macaronésia (Textos em Português)

Martín, J.L, Arechavaleta, M., Borges, P.A.V. & Faria, B. (eds.) (2008) TOP 100 - As cem espécies ameaçadas prioritárias em termos de gestão na região europeia biogeográfica da Macaronésia. Consejería de Medio Ambiente y Ordenación Territorial, Gobierno de Canarias, 500 pp. TEXTOS PORTUGUÊS


Link

TOP 100 espécies ameaçadas da Macaronésia (Textos em Espanhol - Parte 1)

Martín, J.L, Arechavaleta, M., Borges, P.A.V. & Faria, B. (eds.) (2008) TOP 100 - As cem espécies ameaçadas prioritárias em termos de gestão na região europeia biogeográfica da Macaronésia. Consejería de Medio Ambiente y Ordenación Territorial, Gobierno de Canarias, 500 pp. TEXTOS ESPANHOL - PARTE 1


Link

TOP 100 espécies ameaçadas da Macaronésia _Fichas completas dos Açores, Madeira e Canárias

Martín, J.L, Arechavaleta, M., Borges, P.A.V. & Faria, B. (eds.) (2008) TOP 100 - As cem espécies ameaçadas prioritárias em termos de gestão na região europeia biogeográfica da Macaronésia. Consejería de Medio Ambiente y Ordenación Territorial, Gobierno de Canarias, 500 pp

Link

Imagens novas do Projecto "Galerie Insecte" a disponibilizar em breve

Mendonça, E. & Borges, P.A.V. (2009). A preview of images of insects from Galerie de Insectes to be posted during March 2009. Univ. Azores, Angra do Heroísmo

Link

Imagens novas do Projecto  "Galerie Insecte" a disponibilizar em breve

Imagens novas de moscas (Diptera) do Projecto "Galerie Insecte"

Estamos agradecidos a todos os membros do Projecto Insecte.org & Galerie-insecte.org (http://www.galerie-insecte.org/galerie/fichier.php).

Link

Imagens novas de moscas (Diptera) do Projecto  "Galerie Insecte"

Newsletter Fevereiro 2009 - Grupo Biodiversidade Açores

Borges, P.A.V. & Gabriel, R. (2009). Azorean Biodiversity Group Newsletter 3 (February 2009). Angra do Heroismo.

Link

Newsletter Fevereiro 2009 - Grupo Biodiversidade Açores

Imagens dos moluscos terrestres endémicas

Toste, M. & Frias Martins, A. (2009). Preview of images of endemic molluscs from the Azores. Univ. Azores, Angra do Heroísmo.


Link

Artigo Cientifico da semana

Losos, J. & Ricklefs, R.E. (2009). Adaptation and diversification on islands. Nature, 457: 830-836.

Link

Artigo Cientifico da semana

Mace, G.M., et al. (2008) Quantification of Extinction Risk: IUCN´´s System for Classifying Threatened Species. Conservation Biology 22, 1424-1442.


Link

Imagens de plantas vasculares endémicas (parte 2)

Alves, C., Schaefer, H., Silva L. & Borges, P.A.V. (2009). A preview of images from the
Azorean endemic vascular plants – part 2. Univ. Azores, Angra do Heroísmo.

Link

Novas imagens de insectos de Denis Bourgeois

Um total de 18 imagens de artrópodes vão ser adicionadas em breve, gentilmente oferecidas por Denis Bourgeois. As imagens foram obtidas do Site Entomoland "http://denbourge.free.fr"

Link

Imagens de plantas vasculares endémicas (parte 1)

Alves, C., Schaefer, H., Silva L. & Borges, P.A.V. (2009). A preview of images from the
Azorean endemic vascular plants – part 1. Univ. Azores, Angra do Heroísmo

Link

Imagens novas de Hanno Schaefer (Plantas Vasculares)

Hanno Schaefer enviou-nos recentemente cerca de 300 novas imagens de Plantas Vasculares correspondendo a 281 espécies. Veja aqui algumas dessas imagens a disponibilizar em breve e visite a sua distribuição nos Açores na Base de Dados.

Link

Imagens das Aranhas endémicas dos Açores

Mendonça, E. & Borges, P.A.V. (2009). A preview of images from the Azorean endemic spider species. Univ. Azores, Angra do Heroísmo

Link

Imagens escaravelhos endémicos

Iniciamos aqui uma série de documentos em que mostramos as espécies endémicas dos Açores em imagens. Pensamos que este tipo de documentos podem ajudar estudantes e os amantes da biodiversidade dos Açores. Estes vão estar armazenados nas Publicações (Outros recursos).

Link

Imagens novas do Projecto "Galerie Insecte"

Estamos agradecidos a todos os membros do Projecto Insecte.org & Galerie-insecte.org (http://www.galerie-insecte.org/galerie/fichier.php), particularmente aqueles que nos deram autorização para utilizarmos as suas fotos:
Jean-Pierre Arnaud, Calmont Benjamin, Jean-Claude Bernard, Patrick Bonneau, Robert Bonneau, Franck Buron-Mousseau, François Calame, Marina Chavernoz, Franco Christophe, Christine Devilliers, Pierre Duhem, Hélène Dumas, Michel Ehrhardt, Gerard Euziere, Sylvie Faeles, Jean-Michel Faton, Jérémie Fevrier, Anne Forgues, Etienne Iorio, Dennis Keith, Arp Kruithof, Christophe Lauriaut, Bruno Lavoué, Olivier Levoux, Patrick Libouel, Denys Liger, Clement Marc, Henri Maleysson, Franck Noel, Pierre Oger, Nicolas Paris, Christian Perez, Didier Petot, Matthieu Pilard, Dominique Poirier-Ducrocq, Daniel Radix, Michel Renou, Didier Roustide, Eric Serres, Patrick Straub, Déjean Sylvain, Nicolas Vansteene, Stephane Vassel, Michel Verolet, Arnaud Ville.

Link

Nova espécie de pássaro nos Açores

Uma nova espécie de ave foi descrita recentremente para os Açores, Oceanodroma monteiroi, O Painho-de-Monteiro. Ver imagens dos juvenis na Base de Dados.

Açores no "Editors Choice" do Journal Biogeography

Journal of Biogeography: "Editors Choice"

O Editor-Chefe da revista Journal of Biogeography, Rob Whittaker, seleccionou recentemente os seguintes artigos como mais relevantes:

-Azorean arthropods do it fast in dark caves
-Comparing present and past expansion processes in a desert bird
-Past climate transition explains penguin genetic diversity
-Do migratory pathways affect regional abundance of wintering birds? A test in northern Spain
-Venomous snakes illuminate ancient speciation patterns in Middle American highlands
-The Hawaiian Archipelago is a stepping stone for dispersal in the Pacific

Link

Newsletter Dezembro 2008 - Grupo Biodiversidade Açores

Borges, PA.V. & Gabriel, R. (eds.) (2008). Azorean Biodiversity Group Newlsletter 2. Universidade dos Açores.

Link

Portal das Aranhas dos Açores por Jørgen Lissner & Paulo Borges

Foi lançado recentemente uma página web que pretende ilustrar a diversidade das aranhas dos Açores em imagens (ver: http://www.jorgenlissner.dk/azoreanspiders.aspx). Trata-se de uma iniciativa liderada por Jørgen Lissner e com a colaboração de Paulo Borges (Universidade dos Açores – DCA, CITA-A).
Jørgen Lissner dirige um Portal das aranhas da Europa (http://www.jorgenlissner.dk/default.aspx) e agora acedeu a colaborar com o Portal da Biodiversidade dos Açores nesta iniciativa.
Pretende-se ter imagens de aranhas vivas mas também de detalhes que ajudem a identificação das espécies com a ajuda do sistema de imagem Syncroscopy obtidas por Enésima Mendonça do Grupo da Biodiversidade dos Açores (CITA-A).
Espera-se proporcionar imagens de caracteres diagnosticantes do sexo feminino e masculino, ajudando todos aqueles que queiram identificar aranhas recolhidas no arquipélago. As imagens mostradas nesta página podem não ser baseada em espécimes capturados nos Açores.

Link

Grandes contribuições recentes com imagens para o Portal

Gostaríamos de salientar alguns especialistas que nos estão enviando grandes quantidades de imagens (100 ou mais) para o Portal muitas delas já disponíveis e outras a disponibilizar em breve:
- John Bridges (http://northeastwildlife.co.uk/) com imagens de vários grupos taxonómicos.
- Jan-Peter Frahm, com imagens de Bryophyta.
- Hanno Schaefer, com imagens de Spermatophyta.
- Felix Schumm, com imagens de Líquenes.
- Tim Fassen, com imagens de vários grupos taxonómicos (principalmente Arthropoda).

Novas imagens estão disponíveis para as espécies

Cerca de 3914 imagens estão agora disponíveis cobrindo 1639 das 5000 espécies terrestres dos Açores. Um especial agradecimento a todos aqueles que nos têm enviado recentemente imagens de espécies (Ingrid Altmann, Clube de Ambiente - FOC, Isabel Amorim, Jean-Yves Baugnée, Osvaldo Borges, Joel Bried, John Bridges, Bruno Brum, Pedro Cardoso, Alain Doornaert, Tim Faasen, Jan-Peter Frahm, Martin Gascoigne-Pees, Nuno Gonçalves, Martin Gossner, Hannes Günther, Ben Hamers, Bart Hanssens, Walter Haug, Jan Henderickx, Claus Hense, INTREFRUTA, David Jones, Frank Köhler, Stanislav Krejcik, Jørgen Lissner, Cosmin Manci, Fernando Martins, Enésima Mendonça, Walter Müller, Tom Murray, Ed Nieuwenhuys, Alby Oakshott, Sabine Ortmann, Fernando Pereira, Hubert Polacek, Urs Rindlisbacher, Jean-Claude Ringenbach, Francisco Reis, Jordi Ribes, Jacques Rosès, Ana Simões, Hanno Schaefer, Udo Schmidt, Felix Schumm, Paulo H. Silva, D´Almeida Simões, Stefan Sollfors, Malcolm Storey, Xim Sureda, Martin Suvák, Brian Valentine, Alex Wild, Albert de Wilde, Peter Wirtz).

Estamos agradecidos a todos os membros do Projecto UK Moths Webpage (http://ukmoths.org.uk/index.php), particularmente aqueles que nos deram autorização para utilizarmos as suas fotos: Charles Baker, Tristan Bantock, George Davis, Tony Davison, Rob Edmunds, Shane Farrell, Graham Finch, Charles Fletcher, Stephen Foster, Martin Gray, Lee Gregory, David Grundy, Dave Hamilton, Paul Harris, Steve Hatch, Donald Hobern, Ian Kimber, Ingeborg M. M. van Leeuwen, Keith Naylor, Ben Smart, Ian Smith, Francis Solly, Brian Stone.

Novas Imagens das Aranhas dos Açores

Veja em detalhe na Listagem de espécies de Artrópodes as novas imagens de várias espécies de aranhas dos Açores. Coloque na busca a plavra "Aranha" e depois procure as imagens das espécies.

Link

Novidades do Grupo da Biodiversidade dos Açores (CITA-A, UA)

O Grupo da Biodiversidade dos Açores (um dos quatro grupos de investigação do CITA-A, UA), iniciou a edição de um Boletim para divulgar as suas actividades entre os seus colaboradores. Aceda aqui ao seu primeiro número.

Link

As térmitas são baratas sociais

Inward, D. et al. (2007). Death of an order: a comprehensive molecular phylogenetic study confirms that termites are eusocial cockroaches. Biology Letters, 3: 331-335.

Link

Triptico promoção Portal Biod. Açores

Farinha, N. et al. (2008). Portal da Biodiversidade dos Açores. Edição ARENA.

Link

Fichas Livro TOP 100 - Espécies da Madeira

Martín, J.L, Arechavaleta, M., Borges, P.A.V. & Faria, B. (eds.) (2008) TOP 100 - As cem espécies ameaçadas prioritárias em termos de gestão na região europeia biogeográfica da Macaronésia. Consejería de Medio Ambiente y Ordenación Territorial, Gobierno de Canarias, 500 pp

Link

Fichas Livro TOP 100 - Espécies dos Açores

Martín, J.L, Arechavaleta, M., Borges, P.A.V. & Faria, B. (eds.) (2008) TOP 100 - As cem espécies ameaçadas prioritárias em termos de gestão na região europeia biogeográfica da Macaronésia. Consejería de Medio Ambiente y Ordenación Territorial, Gobierno de Canarias, 500 pp

Link

Azorean arthropods do it fast in dark caves

Borges, P. A. V. & Hortal, J. (2008) Time, area and isolation: factors driving the diversification of Azorean arthropods. Journal of Biogeography, doi: 10.1111/j.1365-2699.2008.01980.x.

Link

TOP 100 espécies ameaçadas dos Açores (Português)

Veja o PDF em Português de:

Cardoso, P., Borges, P.A.V.,, Costa, A. C., Cunha, R. T., Gabriel, R., Martins, A. M. F., Silva, L., Homem, N., Martins, M., Rodrigues, P., Martins, B. & Mendonça, E. (2008). A perspectiva arquipelágica - Açores. In: J. L Martín,. M. Arechavaleta, P.A.V. Borges & B. Faria, (eds.) TOP 100 - As cem espécies ameaçadas prioritárias em termos de gestão na região europeia biogeográfica da Macaronésia. pp 421-449. Consejería de Medio Ambiente y Ordenación Territorial, Gobierno de Canarias.

Link

TOP 100 espécies ameaçadas dos Açores (Espanhol)

Veja o PDF na versão em espanhol:

Cardoso, P., Borges, P.A.V.,, Costa, A. C., Cunha, R. T., Gabriel, R., Martins, A. M. F., Silva, L., Homem, N., Martins, M., Rodrigues, P., Martins, B. & Mendonça, E. (2008). La perspectiva archipelágica - Azores. In: J. L Martín,. M. Arechavaleta, P.A.V. Borges & B. Faria, (eds.) TOP 100 - As cem espécies ameaçadas prioritárias em termos de gestão na região europeia biogeográfica da Macaronésia. pp 79-107. Consejería de Medio Ambiente y Ordenación Territorial, Gobierno de Canarias.

Link

TOP 100 espécies ameaçadas das Canárias (Espanhol)

Aceda ao PDF em Espanhol de

Arechavaleta, M. & Matín, J.L. (2008). La perspectiva archipelágica: Canarias. In: J. L Martín, M. Arechavaleta, P.A.V. Borges & B. Faria, (eds.) TOP 100 - As cem espécies ameaçadas prioritárias em termos de gestão na região europeia biogeográfica da Macaronésia. pp 129-145. Consejería de Medio Ambiente y Ordenación Territorial, Gobierno de Canarias.

Link

TOP 100 espécies ameaçadas das Canárias (Português)

Aceda ao PDF em Português de

Arechavaleta, M. & Matín, J.L. (2008). A perspectiva arquipelágica: Canárias. In: J. L Martín, M. Arechavaleta, P.A.V. Borges & B. Faria, (eds.) TOP 100 - As cem espécies ameaçadas prioritárias em termos de gestão na região europeia biogeográfica da Macaronésia. pp 469-485. Consejería de Medio Ambiente y Ordenación Territorial, Gobierno de Canarias.

Link

TOP 100 espécies ameaçadas da Madeira (Português)

Aceda ao PDF em Português de

Faria, B. et al. (2008). A perspectiva arquipelágica: Madeira. In: J. L Martín, M. Arechavaleta, P.A.V. Borges & B. Faria, (eds.) TOP 100 - As cem espécies ameaçadas prioritárias em termos de gestão na região europeia biogeográfica da Macaronésia. pp 451-468. Consejería de Medio Ambiente y Ordenación Territorial, Gobierno de Canarias.

Link

TOP 100 espécies ameaçadas da Madeira (Espanhol)

Aceda ao PDF em Espanhol de

Faria, B. et al. (2008). La perspectiva archipelágica: Madeira. In: J. L Martín, M. Arechavaleta, P.A.V. Borges & B. Faria, (eds.) TOP 100 - As cem espécies ameaçadas prioritárias em termos de gestão na região europeia biogeográfica da Macaronésia. pp 109-128. Consejería de Medio Ambiente y Ordenación Territorial, Gobierno de Canarias.

Link

TOP 100 espécies ameaçadas da Macaronésia (Espanhol)

Aceda ao PDF em Espanhol de

Martín, J.L, Arechavaleta, M., Borges, P.A.V. & Faria, B. (2008). La perspectiva Macaronésica. In: J. L Martín, M. Arechavaleta, P.A.V. Borges & B. Faria, (eds.) TOP 100 - As cem espécies ameaçadas prioritárias em termos de gestão na região europeia biogeográfica da Macaronésia. pp 47-78. Consejería de Medio Ambiente y Ordenación Territorial, Gobierno de Canarias.

Link

TOP 100 espécies ameaçadas da Macaronésia (Português)

Aceda ao PDF em Português de

Martín, J.L, Arechavaleta, M., Borges, P.A.V. & Faria, B. (2008). A perspectiva Macaronésica. In: J. L Martín, M. Arechavaleta, P.A.V. Borges & B. Faria, (eds.) TOP 100 - As cem espécies ameaçadas prioritárias em termos de gestão na região europeia biogeográfica da Macaronésia. pp 389-419. Consejería de Medio Ambiente y Ordenación Territorial, Gobierno de Canarias.

Link

Livro TOP 100 Espécies Ameaçadas Macaronésia está já disponível

O livro sobre as espécies ameaçadas da Macaronésia já está disponível.
Martín, J.L, Arechavaleta, M., Borges, P.A.V. & Faria, B. (eds.) (2008) TOP 100 - As cem espécies ameaçadas prioritárias em termos de gestão na região europeia biogeográfica da Macaronésia. Consejería de Medio Ambiente y Ordenación Territorial, Gobierno de Canarias, 500 pp

Para o obter contacte com Manuel Hernandez (mareher@gobiernodecanarias.org) do Governo das Canárias ou Paulo A. V. Borges do Grupo da Biodiversidade dos Açores - Univ. dos Açores. (pborges@uac.pt).


Link

IUCN - The European Union and its Overseas Entities: Strategies to counter Climate Change and Biodiversity Loss

Visite o website da Conferência “The European Union and its Overseas Entities: Strategies to counter Climate Change and Biodiversity Loss”

http://www.reunion2008.eu/pages/en/en-home.html

LIFE + Biodiversidade - Projectos EU

LIFE+ Biodiversity will co-finance innovative or demonstration projects that contribute to the implementation of the objectives of Commission Communication (COM (2006) 216 final) "Halting the loss of biodiversity by 2010 – and beyond". The maximum co-financing rate will be 50%.
See also:
http://ec.europa.eu/environment/life/funding/lifeplus/components/component_nat.htm


Link

"Garden Entomology" Brochura educativa da "Royal Entomological Society"

Brochura em PDF sobre a Biodiversidade de Insectos produzido pela "Royal Entomological Society"

Link

Download "Apresentação sobre a Biodiversidade das Canárias"

Apresentação em PDF sobre a Biodiversidade do arquipélago das Canárias.

Link

Download "Apresentação sobre a Biodiversidade de Musgos e Líquenes dos Açores"

Apresentação em PDF sobre a Biodiversidade de Musgos, Hepáticas e Líquenes Terrestres dos Açores

Link

Download "Apresentação sobre a Biodiversidade dos Açores"

Apresentação em PDF sobre a Biodiversidade Terrestre dos Açores

Link

Download "Biodiversidad terrestre en la Macaronesia"

Biodiversidade dos arquipélagos da Macaronésia em Gráficos baseado nas Listagens de espécies recentemente publicadas para os Açores, Madeira, Canárias e Cabo Verde.
Edição: Gobierno de Canárias. Consejería de Médio Ambiente y Ordenación Territorial. depósito Legal: GC 496 2008.

Link

Download "Biodiversidad terrestre en la Macaronesia"

Download Lista da Fauna e Flora dos Açores

Borges, P.A.V., Cunha, R., Gabriel, R., Martins, A. F., Silva, L. and Vieira, V. (eds.) (2005). A list of the terrestrial fauna (Mollusca and Arthropoda) and flora (Bryophyta, Pteridophyta and Spermatophyta) from the Azores. Direcção Regional do Ambiente and Universidade dos Açores, Horta, Angra do Heroísmo and Ponta Delgada, 318 pp

Link

Download Lista da Fauna e Flora de Cabo Verde

Arechavaleta, M., Zurita, N., Marrero, M.C. & Martín, J.L. (2005) Lista preliminar de especies silvestres de Cabo Verde (hongos, plantas y animales terrestres). Consejería de Medio Ambiente e Ordenación Territorial, Gobierno de Canarias, Santa Cruz de Tenerife.

Link

Download Lista da Fauna e Flora das Canárias

Izquierdo, I., Martin, J.L., Zurita, N. & Arechavaleta, M. (eds.) (2004) Lista de especies silvestres de Canarias (hongos, plantas y animales terrestres). 2nd, Consejería de Política Territorial y Medio Ambiente del Gobierno de Canarias.

Link

Macaronesia and Climate Change IUCN

Foi lançado o Relatório "Climate Change and Biodiversity in the European Union Overseas Entities":
http://reunion2008.eu/pages/en/en-publication.html



Link

Gestão da Rede NATURA 2000 Macaronesia

Foram lançadas as directivas para a Gestão dos Sítios da Rede NATURA 2000.
Consulte: http://ec.europa.eu/environment/nature/natura2000/management/best_practice_en.htm


Link

Download Novo livro sobre a Fauna e Flora do arquipélago da Madeira.

Peça um exemplar a:
Bernardo Faria
Secretaria Regional do Ambiente e Dos Recursos Naturais do Governo Regional da Madeira, Rua Dr. Pestana júnior, nº 6 – 3º Direito. 9054-558 Funchal – Madeira

Link